Rafaela põe Severo e Gilda contra a parede

A moça confronta os pais por causa do casamento de aparências que eles claramente vivem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Salvador da Pátria, novela de Lauro César Muniz exibida originalmente em 1989 que está em reprise no Canal Viva às 14h15 (com horário alternativo à 0h30), Rafaela (Narjara Turetta) não se conforma com a mentira que é o casamento de seus pais, Severo Toledo Blanco (Francisco Cuoco) e Gilda (Susana Vieira).

Depois de fiscalizar bastante os passos do pai, e procurá-lo em vários lugares onde ele poderia estar, como o clube no qual se reúne com amigos e correligionários ou a fábrica de sucos Blancitro, e até ir à Fazenda Molino Blanco falar com o irmão Sérgio (Maurício Mattar) e a cunhada Sílvia (Alexandra Marzo), Rafaela entra nos aposentos dos pais cheia de si, exigindo que Severo diga onde esteve à noite.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o casamento de Marlene (Tássia Camargo) com Sassá Mutema (Lima Duarte), Severo saiu sem dizer aonde ia e dirigiu-se à casa do novo casal, para cumprir seu papel de ‘marido’ e ter a lua de mel com a jovem. Desconfiada, mas sem saber o endereço, Rafaela não foi conferir.

Conforme Gilda e Severo se defendem, Rafaela faz perguntas bastante incisivas aos dois, focadas em seu relacionamento como homem e mulher. Eles dormem em camas e quartos separados, e a moça não se furta a indagar há quanto tempo eles não se encontram na mesma cama, por exemplo.

Além disso, Rafaela diz aos pais que eles representam muito mal o papel de casal feliz e exemplar, e questiona se não seria melhor, ao invés de viverem assim, que eles se divorciassem e cada um seguisse a sua vida, o que em sua visão seria algo mais digno. E questiona a mãe sobre o que ela fez de sua vida sexual, sem que a viva com o marido.

No entanto, Severo e Gilda mostram-se indignados e aviltados com as palavras da filha, que diante de tanta seriedade pensa por um instante se não está imaginando coisas e sendo injusta com os pais. Ao se retirar a mando da mãe, ela pede a bênção do casal, que permanece em silêncio. Em seguida, Gilda diz a Severo que Rafaela não tinha direito de fazer o que fez.

Mas logo em seguida Severo aproveita a deixa do assunto levantado pela filha e pergunta a Gilda o que ela fez de sua vida sexual, já que a própria o deputado resolve muito bem fora de casa com Marlene e outros casos eventuais. A mulher se ofende, dá boa-noite e encerra a conversa.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de O Salvador da Pátria.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio