Quintiliano bate em Guilherme após ser acusado de matar a própria esposa

O Coronel chega a pedir que o filho renuncie à presidência da Câmara

Publicado há 8 dias
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Escrava Mãe, Quintiliano (Luíz Guilherme)se desentende com seu filho Guilherme (Roger Gobeth) após descobrir que ele levou uma mulher para a Câmara. Temendo pela reputação da família e irritado com a revolta do rapaz com a presença da Condessa Catarina Gama (Adriana Lessa), o Coronel chega a dar um enorme tapa na cara do filho ao se sentir ofendido.

Não fale o que não sabe“, pede Quintiliano a Guilherme, que despeja palavras de baixo calão contra a Condessa. Guilherme rebate. “Ah não? Pergunte a qualquer um da Vila quem é o Coronel Quintiliano. Dizem que é um Coronel cruel, aquele que matou a própria esposa“, diz Guilherme, que no mesmo momento recebe a agressão do pai. “Cale-se!”, esbraveja o ex-político no momento da agressão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Espantado com a situação, Tomás (Raphael Montagner) entra no meio e defende o pai das palavras do irmão. “Guilherme, não vou permitir que fale com o nosso pai nesse tom“, diz ele. Guilherme, então, continua a provocar. “E que tom eu deveria usar com o Coronel? Devo ter respeito por um homem que nunca me respeitou? Um pai que sempre fez questão de me humilhar quando eu tentava agradar?“, rechaça ele.

Vosmecê sempre foi um fraco“, responde o Coronel. Guilherme não fica calado. “Era o senhor que me enfraquecia. Eu tentava ser o filho perfeito e o senhor só me criticava. Só me menosprezava“. Quintiliano disse que só tenta ao orientar sobre a vida.

Guilherme não aceita a justificativa para tanta represália. “Orientar? Me comparando ao Tomás? Sempre dizia que era ele quem tinha jeito para os negócios. E eu trabalhava, e dava o sangue pela fazenda. Enquanto o filhinho preferido só fazia entrar pelas janelas das mulheres casadas da Vila para se divertir“, dispara Guilherme.

Isso não está em questão, Guilherme“, interfere Tomás, envergonhado. Mas Guilherme está irredutível após a agressão. “Como não? Agora que eu cheguei onde eu queria. Agora que eu venci a eleição para presidente da Câmara que o meu pai nunca acreditou que eu conseguiria, querem que eu desista de tudo?“, questiona.

Quintiliano comenta: “Foi um erro. Eu deveria ser o presidente da Câmara“, diz. Mas Guilherme deixa o aviso: “Eu ganhei, eu sou o presidente. E agora quer que eu volte a ser o fracote que tanto criticava? Não, meu pai. Agora é tarde demais. Se não gosta do que vê, só pode lamentar“, concluiu o vilãozinho, antes de deixar o local.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Escrava Mãe.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais