Passagem de dez anos em Gênesis aumenta a rivalidade entre Esaú e Jacó

A sexta fase será marcada por mais conflitos entre os irmãos gêmeos

Publicado em 5/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A sexta fase de Gênesis começa em breve com uma passagem de dez anos. A transição marca o crescimento de Jacó (Enzo Barone/Miguel Coelho) e Esaú (Breno Moraes/Cirillo Luna). De adolescentes, eles chegam à idade adulta, com cerca de vinte e dois anos.

Por mais que sejam irmãos gêmeos, eles têm grandes diferenças, seja no visual ou na personalidade. Enquanto Jacó é pacífico e ligado às atividades domésticas, Esaú se interessa pela caça, além de mostrar um comportamento feroz e controverso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A rivalidade entre os rapazes fica ainda mais latente quando eles crescem. Pequenas discussões, por exemplo, se tornam grandes brigas, pois um não aceita a opinião do outro.

“A água é mais forte, Esaú. Não tem discussão”, diz Jacó, na discordância do irmão. “Você tá maluco! Óbvio que é a pedra!”, rebate, até virar um debate eterno.

Esse diálogo funde com a nova passagem de tempo, com os rapazes no mesmo lugar. Além das diferenças, fica ainda mais clara a preferência dos pais. Rebeca (Bárbara França/Martha Mellinger) gosta mais de Jacó, enquanto Isaque (Guilherme Dellorto/Henrique Pagnoncelli) faz de tudo para proteger Esaú.

Os irmãos percebem o fato. “A gente cresceu, Jacó. Só você não percebe? Dona Rebeca não manda mais em mim”, diz Esaú para Jacó, mostrando que não tem grande proximidade com a mãe.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Gênesis.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio