João é condenado a quatro anos de cadeia por tráfico de drogas

O piloto grita que é inocente ao ouvir a sentença do juiz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Salvador da Pátria, novela de Lauro César Muniz que está em reprise no Canal Viva às 14h15 (horário alternativo à 0h30), João Mattos (José Wilker) tem passado por maus bocados desde que foi preso, sob acusação de tráfico internacional de drogas.

Enredado num esquema de tóxicos pelo próprio irmão, Juca Pirama (Luís Gustavo), a pretexto de equipar melhor sua estação de rádio em Tangará com itens eletrônicos que João supostamente trazia da Bolívia em malas, o piloto vai a julgamento, sempre pensando no infortúnio que se abateu sobre sua vida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Preocupado com a carreira e, principalmente, com a esposa Ângela (Lucinha Lins) e a filha Regina (Natália Lage) e o que será delas com ele na cadeia, João não deixa de pensar no que ouviu de Rubens (Carlos Gregório), advogado a serviço da organização criminosa que o visitou em companhia de Juca.

Como não há meios de provar que ele não sabia que trazia cocaína para o irmão, caso ele o denuncie ambos ficarão presos, sem chance de apelação. De maneira que João vai algo confiante para o julgamento, certo de que sua pena, se não será inexistente, virá a durar o mínimo possível, já que um advogado ciente de tudo o defende.

Mas nem isso faz com que o piloto boa-praça deixe de se indignar com a injustiça da qual é vítima ao ouvir a sentença do juiz (Jorge Cherques): quatro anos de reclusão. Ele grita inocência, mas não há o que fazer. Agora é esperar que Juca e a organização cumpram o combinado e o ajudem, como paga por seu silêncio.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de O Salvador da Pátria.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio