Coração de Estudante

Edu convence Sílvio a depor, mas o homem fala a favor de João e Clara fica arrasada

A advogada perde a causa e o juiz decide que a universidade não tem direito às terras

Publicado em 16/11/2022

Na novela Coração de Estudante, história de Emanuel Jacobina exibida originalmente pela Globo em 2002, e reapresentada agora pelo Canal Viva, chega o dia da tão aguardada audiência para definir as posses da terra reivindicada por João Mourão (Cláudio Marzo) e pela Universidade de Nova Aliança.

Clara (Helena Ranaldi) defende a universidade e fica aflita quando descobre que Silvio (Tião D´Ávila), uma testemunha chave, sumiu da cidade. Edu (Fábio Assunção) tenta ajudar a advogada e, enquanto ele segue para a audiência, ele vai atrás do homem, que está prestes a pegar um trem para bem longe dali.

Edu chega a tempo, conversa com Sílvio e o convence a depor. Quando João vê a testemunha no fórum fica furioso. Mas, quando presta seu depoimento, Sílvio surpreende e afirma para o juiz que as terras são, mesmo, de João. Nesse momento, Clara fica arrasada e sabe que agora dificilmente ganhará a causa.

E não dá outra! O juiz define que a universidade não tem direito algum em reivindicar as tais terras. O reitor fica irritado e, como já sabe que Edu é noivo de Amelinha (Adriana Esteves) e futuro genro de João, acredita que o professor convenceu a testemunha a falar a favor do fazendeiro.

Ao ver Clara tão chateada, e recebendo o apoio de Edu, para desespero de Amelinha, Ronaldo (Leonardo Villar) só observa e percebe que a advogado está gostando do pai de Lipe (Pedro Malta), mas ainda não tendo percebido isso.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade