Dóris irrita Carlão ao falar de Leopoldo: “Tá pensando que ele vai viver 200 anos?”

A jovem consegue tirar o pacato pai do sério ao urubuzar o avô

Publicado há 2 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Mulheres Apaixonadas, depois de chegar do cinema com Irene (Martha Mellinger), Carlão (Marcos Caruso) é chamado por sua mãe, Flora (Carmen Silva), para amparar o pai, Leopoldo (Oswaldo Louzada). “Seu não pai não está passando bem, ele não está dizendo coisa com coisa”, explica a idosa.

Imediatamente Carlão vai ao quarto dos pais. Irene também, não sem antes bufar porque os sogros ainda estão acordados e o chamado de Flora atrapalhara um momento de intimidade dela com o marido. Leopoldo não reconhece o próprio filho e diz que deseja ir para sua casa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dóris chega da rua em meio à movimentação para socorrer Leopoldo, e mal consegue conter o riso ao ver o estado do avô. Após sugerir que entre os exames necessários a fazer em Leopoldo um “de cabeça” seria indicado, Dóris pergunta ao médico se não pode ser demência ou Alzheimer.

Pela manhã, durante o café, Dóris segue fazendo comentários e gracinhas sobre o estado de saúde de Leopoldo, chegando mesmo a compará-lo a um motor de carro velho. “Não sei, não, quando começa a ratear nessa idade, ih… É que nem motor de carro, é porque tá pifando, logo, logo, vai parar.”

Nisso Carlão pega com força no braço de Dóris. “Tá me machucando, pai!” “É pra machucar. Você para com esse baixo astral em cima do meu pai, porque eu vão admitir mais esse tipo de gracinha. Tá entendendo?”

A jovem sai da mesa, mas ainda provoca o pai uma vez mais. “Tá pensando o quê, hein? Que ele vai viver 200 anos, ficar pra semente?” Quando Carlão vai levantar-se para bater nela, Dóris corre para dentro do apartamento. “Eu ainda vou pegar essa menina de jeito”, diz Carlão a Irene.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio