Decisão de Lalume sobre ações da tecelagem é tormento de Aparício

Em meio à disputa com Fedora pelo controle da empresa, o viúvo sofre um revés com a decisão da parente

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Sassaricando, novela de Silvio de Abreu que está em reprise no Canal Viva, Aparício Varela (Paulo Autran) planejara comprar as ações de Lalume (Marilena Cury), uma parente de sua falecida esposa Teodora (Jandira Martini), para com isso comandar com tranquilidade a Tecelagem Abdala.

Afinal, sua filha Fedora (Cristina Pereira) cismara de querer destituí-lo do comando dos negócios, e isso desde que ele decidira se ausentar para saçaricar, deixando as decisões nas mãos do amigo executivo Ricardo de Pádua (Carlos Zara).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tanto Aparício quanto Fedora detêm cada um 49% das ações da empresa, e os 2% restantes pertencem a Lalume. Ao chegar à casa dos parentes na companhia do marido Totó (Antonio Abujamra), ela comunica que não venderá sua parte, mas sim a doará a alguém da família.

Embora possa haver esperanças da parte de Fedora e mesmo de Aparício, que ensaiara um envolvimento com Lalume no passado, ela decide dar 1% das ações para Lucrécia (Maria Alice Vergueiro) e 1% para Fabíola (Ileana Kwasinski). Como se diz hoje em dia, ‘deu ruim‘ para o viúvo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio