Carlos ameaça Augusto com revólver: “Isso é propriedade privada!”

Ele e Lázaro impedem o vilão de mexer na colheita

Publicado há 5 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já passou da hora de alguém colocar um ‘basta’ na prepotência de Augusto Duran (Lisardo Guarinos) – e caberá a Carlos (Carlos de la Mota) essa tarefa. Nos próximos capítulos de Quando me Apaixono, o amigo de Jerônimo (Juan Soler) colocará o dono da fazenda Cruz de Amor em seu devido lugar.

Tudo começa quando Lázaro (Luis Gatica) entra às pressas no quarto de Carlos pela manhã para alertá-lo sobre um problema. “O Augusto Duran já começou a poda. Se meteu na fazenda como se fosse o dono e senhor de tudo isso!“, queixa-se o capataz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais do que depressa, Carlos vai com Lázaro até a plantação e flagra Augusto e Ezequiel (Alejandro Ruiz) pressionado Alzira (Aleida Núñez) para que lhes permita podar as uvas. “Esta é uma propriedade privada! Ou você vai embora por bem ou eu mando te tirarem à força!“, ameaça Carlos para Augusto, furioso.

É só mandar, senhor Carlos, e eu ponho ele pra fora“, avisa Lázaro, apoiando o chefe. “A colheita é minha! Sendo assim, tenho todo o direito de intervir“, argumento Augusto. “Quando te entregarmos, você faz com ela o que quiser. Mas agora não! Essas terras ainda não suas!“, retruca Carlos.

Praticamente já são. Então não se meta e me deixe fazer as coisas como acho melhor“, dispara Augusto, abaixando-se para podar as plantas. É quando, cansados de argumentar, tanto Carlos como Lázaro puxam seus revólveres e apontam para o vilão. No que será que isso vai dar?

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Quando Me Apaixono.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio