Após desconfiança, Bibi garante que não mandou matar rival

Publicado há um dia
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bibi (Juliana Paes) se transformou tanto que as pessoas acreditam que ela é capaz de tudo para conseguir o que quer, na reprise da novela A Força do Querer, na Globo. O que a protagonista mais deseja é acabar com Jeiza (Paolla Oliveira), a policial que ela acredita que persegue seu marido Rubinho (Emílio Dantas).

A major sofreu um atentado terrível, com tiro de fuzil atingindo seu carro. Com isso, Cândida (Gisele Fróes) procura sua amiga Aurora (Elizangela) para relatar o que aconteceu. Bibi acaba escutando tudo e garante que não foi ela quem mandou atacar Jeiza, mesmo odiando-a.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não mandei atirar na tua filha, não. Eu vou ser muito honesta com você. Eu detesto a sua filha, mas eu quero ela bem viva. Eu quero ela bem viva para passa por todos os perrengues que ela está fazendo eu passar. Eu estou falando a verdade, eu estou sendo sincera”, garante a morena.

Cândida acredita que ocorreu mesmo um atentando e não um assalto, mas Bibi insiste que não teve participação nisso. Em seguida, a sós com Aurora, Bibi, pressionada, acaba abrindo o jogo.

“Não fui eu! Não fui eu! Não tem minha mão nisso. Rubinho falou que ia dar um susto nela e está aí. Podem falar qualquer coisa de mim, mas assassina, não. Isso eu não sou, não”, conclui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio