Publicidade

A Dona do Pedaço: Josiane põe as garras de fora e Maria da Paz pergunta se ela tem vergonha de ter mãe boleira

Publicidade

Depois de ter saído fugida de Rio Vermelho e sofrido tanto em São Paulo, Maria da Paz (Juliana Paes) tem problemas com sua filha Josiane (Agatha Moreira), em A Dona do Pedaço. Após muito anos, com a garota já adulta, a protagonista lida com uma menina mimada e egoísta. A morena não gosta de sua origem e, ainda por cima, vai indicar que tem vergonha de sua mãe, que é boleira.

Tudo começa com Maria da Paz chegando em casa depois de um dia puxado de trabalho. Ele já sabe que Josiane quer conversar, mas não faz ideia do que seja. Preocupada, ela logo fica a sós com filha e até se desculpa pela demora, diz que resolveu pendências no trabalho e, também, foi ver sua amiga Marlene (Suely Franco).

Josiane, com seu ar de superioridade, pergunta se a mãe falou dela com a professora aposentada. Maria se justifica dizendo que, às vezes, não sabe lidar com a filha e como Marlene tem experiência… “Pode começar não me chamando de Josiane. Que mania! Já pedi tanto pra me chamar de Jô”, pede a jovem. “Quantas vezes eu tenho que dizer? Podia ter escolhido um nome melhor. Josiane é nome de pobre. Brega.  Jô, sim, é mais chique”. Maria segue sem concordar com o pedido.

Continua depois da publicidade

E mais!

Mas, logo, Josiane fala sobre o que tanto quer conversar. Na verdade, deseja aumentar o limite de seu cartão de crédito. “Meu cartão de crédito. Tem um limite baixíssimo. Mãe, sem cartão de crédito decente não dá pra viver”. Mas Maria da Paz se mostra resistente, mesmo amando muito a filha.

“Filha, cê gosta dos luxos. Não me importo de sair com você, até comprar roupa cara. Mas dentro dos limites. Se bem que não entendo essas roupas que cê gosta, sem brilho, meio esquisitas. Roupa boa é a minha, que dá aparência”, diz.

A patricinha não desiste e diz que quer ir em um leilão chiquérrimo e precisa chamar a atenção. Ela argumenta que somente assim será plenamente aceita na alta sociedade. Neste momento, a morena ainda revela que quando estudou em colégios caros sofreu bullying. As crianças a discriminavam por ela ser filha de uma boleira. Josiane conta que ninguém foi uma festa sua de aniversário por puro preconceito.

Maria sofre

Maria fica estarrecida e diz que não sabia de nada disso. “No dia seguinte na escola, todo mundo riu de mim. Tinham combinado não ir na minha festa. Mãe, nunca me aceitaram. Eu quase não tenho amigos. Mas agora vai ter esse leilão. Aumenta meu limite no cartão de crédito. Quero que aquele povo do Harmonia me conheça, e me respeite”.

A protagonista, então, argumenta que ela não precisa gastar para ser respeitada, que se sacrificou por ela, dia e noite, e montou a rede de confeitaria, que será da filha um dia. Mas Josiane não se sensibiliza e surpreende a mãe: “Acha que quero ser chamada de boleira? Que nem você, boleira?”. Neste momento, Paz sente o golpe e pergunta à filha se tem vergonha dela.

A cena está prevista para ir ao ar no capítulo 8, que será exibido na terça-feira (28).

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela A Dona do Pedaço

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade