Xuxa conta detalhes de sua vida sexual, opina sobre vibradores e avalia: ” Faço amor, sexo, trepo”

Apresentadora conversou com Sabrina Sato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em conversa com Sabrina Sato, no programa SaladaSato, Xuxa contou detalhes de sua intimidade, relembrou o início de sua vida sexual, deu dicas íntimas e revelou uma experiência inusitada. As informações são do colunista do Metrópoles, Leo Dias.

Xuxa revelou que na adolescência muitos homens tinham medo de se aproximar dela, devido a sua fama e, por isso, ela precisava procurar os homens. “Desde que comecei a lidar com minha imagem, aos 16 anos, era eu que chamava o cara na chincha. Não acho isso ruim, não. Se eles podem, a gente também pode”, falou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A artista contou que, com o passar dos anos, o sexo melhorou bastante. “Se eu transasse com o Junno [Andrade, seu namorado] aos 17 anos, não teria dado valor para o que a gente faz agora. A maturidade faz a gente dar mais valor a tudo que faz. Antes, eu fazia sexo. Hoje, faço amor, sexo, trepo, todos os nomes que se dá para uma relação, porque me permito a isso”, ponderou Xuxa.

A mãe de Sasha revelou ainda que vibradores são ótimos para apimentar a relação. “Brinquedinho é uma coisa que tem que ter sempre para o homem e a mulher, para se conhecerem. Para um relacionamento durar, tem que fazer o que todo mundo faz e depois inventar, criar, descobrir outras coisas, ver vídeos…”, aconselhou.

Já para quem quer começar por algo mais simples, Xuxa sugere: “Eu me descobri muito tarde, isso de se conhecer, se tocar. Como é uma coisa cara, as pessoas que não tem a possibilidade de comprar esses brinquedinhos podem usar o chuveirinho. A água batendo lá é uma maravilha, resolve da mesma maneira”, afirmou.

Por fim, a apresentadora contou uma experiência diferente, que lhe desagradou. “Uma vez, estava transando com um cara e ele puxou meu cabelo para cima e pediu: ‘canta Quem Quer Pão’”, contou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio