Woody Allen abre nova temporada de Conversa com Bial

Pedro Bial retorna com entrevistas inéditas direto de sua casa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desta vez, as férias foram mais curtas. Após quase dois meses fora do ar, o Conversa com Bial volta a ser exibido pela Globo a partir desta segunda-feira (8), depois do Jornal da Globo. De casa, Pedro Bial continua comandando e mediando papos intimistas, e abre mais um ano de conversas com convidados variados sobre os mais diversos temas.

Na estreia, Bial entrevista o cineasta americano Woody Allen sobre os momentos mais relevantes de sua vida e trajetória profissional, tendo como fio condutor a autobiografia lançada pelo convidado, no ano passado. Woody Allen fala sobre como foi o processo de revisitar a sua história para escrever o livro de memórias e incluir assuntos polêmicos nos quais se envolveu, além de seu interesse por Machado de Assis e sua atual rotina em Nova York.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O distanciamento imposto pela pandemia exigiu criatividade, mas também criou a oportunidade de aproximar e facilitar a participação de personalidades internacionais no programa, como Barack Obama, Willem Dafoe, Carla Bruni.

Além disso, entrevistar pessoas de suas casas proporcionou um clima de proximidade ainda maior no Conversa com Bial que, neste ano, terá ainda entrevistas com a atriz Suzana Vieira e a cantora Gal Costa, e outros convidados internacionais.

Sobre essa nova forma de conversar, Pedro Bial diz: “Acho que houve uma combinação entre a carência, a saudade do contato e a solidão trazida pelo isolamento, com a intimidade surpreendente que é consequência das relações remotizadas, as videoconferências que fazem a nossa rotina hoje. Quer dizer, apesar de longe fisicamente, nós nos aproximamos. Ficamos mais íntimos através da tela do computador, o que ainda é muito cedo para entendermos, mas que, de certa maneira, hoje, em 2021, já está mais incorporado. Mas ainda contém toda essa mistura, dessa saudade e carência, que se expressa muito nessa intimidade pelos convidados estarem falando de casa, e pela oportunidade de ter calor humano e de se encontrar”.

E completa: “A vida é a arte do encontro e os nossos encontros, pelo menos como se davam antigamente, estão impossibilitados. Então, os encontros virtuais, da televisão e as conversas passaram a ter o seu enorme valor reconhecido”.

O Conversa com o Bial volta ao ar de segunda a sexta-feira, após o Jornal da Globo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio