William Waack é criticado por entrevistada na CNN: “Mandado embora por racismo”

Jornalista participa da cobertura de manifestações antirracistas

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A CNN Brasil acabou colocando a si própria numa saia justa durante a edição de hoje (terça-feira, 2) do programa CNN 360º. Entrevistada a respeito dos protestos antirracismo ao redor do mundo, a jornalista e ex-consulesa francesa Alexandra Loras citou o apresentador William Waack para recordar que a emissora paga também possui telhado de vidro.

Hoje, a CNN e toda mídia brasileira têm o poder de convidar acadêmicos negros para conversar sobre essa temática. Quando vejo o William Waack, que foi mandado embora por um episódio de racismo, e hoje ele debater tanto tempo sobre o racismo… Eu acho que deveríamos também convidar negros para debater sobre essas questões“, disparou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alexandra, aliás, não foi a única a se incomodar com a presença de Waack nesta cobertura. Em redes sociais como o Twitter, diversos internautas também consideraram inadequada a participação do jornalista – que foi demitido pela Globo após o vazamento de um vídeo em que fazia piadas de cunho racista.

E o William Waack no Jornal da CNN cobrindo a onda de protestos nos EUA. O mesmo jornalista que foi racista apresentando o jornal na Globo e televisionado. Isso mostra que realmente o brasileiro tem memória curta!“, queixou-se um usuário do microblog.

CNN mostrando agora os protestos nos EUA com William Waack fazendo parte da apresentação do jornal. Que falta de noção, tira esse cara daí car***!“, indignou-se outro. Confira outras reações.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais