William Bonner se manifesta após autuação da Receita Federal

O jornalista afirmou que discorda da decisão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

William Bonner confirmou que foi autuado pela Receita Federal. Sem dizer datas ou valores, o editor e âncora do Jornal Nacional disse ao colunista do UOL, Ricardo Feltrin, que pagou o valor cobrado, apesar de discordar da decisão.

“Esclareço que nada devo à Receita Federal. Ao ser autuado, embora discordasse da autuação, paguei o valor indevidamente cobrado, me reservando o direito de pedir a restituição do que me pertence por direito“, disse ele, em nota.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista também ressaltou que pretende tomar medidas futuras sobre o ocorrido. “No momento oportuno, tomarei outras providências sobre o assunto junto à Receita”, afirmou. E completou que sua relação com a Globo não é por meio de PJ. “Esclareço ainda que, por opção minha, a relação que tenho com a Globo não se dá por meio de Pessoa Jurídica”, concluiu.

De acordo com o colunista, a Receita Federal acusa artistas de reduzirem o pagamento de impostos e de sonegarem o Fisco, através da contratação por meio de suas empresas pessoais, tornando-as pessoas jurídicas. Com isso, em vez contribuírem com 27,5% sobre seus rendimentos na Globo como pessoas físicas, os profissionais pagam alíquotas menores.

Os valores pagos correspondem a 15% sobre o total mais 10% sobre o que exceder R$ 20 mil mensais, ao serem contratados por meio de CNPJ. Além de Bonner, o colunista noticiou que ao menos outros 20 profissionais da emissora carioca já receberam multas do Fisco. Além de 43 multados em 2020. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio