William Bonner revela que CPF do filho foi usado em fraude do auxílio emergencial

O jornalista fez questão de esclarecer tudo numa rede social

Publicado há 6 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apresentador e editor-chefe do Jornal Nacional, William Bonner usou o Twitter nesta quinta-feira (21) para revelar que o filho, Vinícius Bonemer, de 22 anos, foi vítima de um golpe, já que usaram seus dados foram usados para fazer um pedido do auxílio emergencial, dado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus.

“Pelos critérios do programa de auxílio emergencial, alguém nas condições socioeconômicas do meu filho não tem direito aos 600 reais da ajuda. Portanto, quem quer que viesse a usar o nome, o CPF e dados pessoais dele deveria receber como resposta ao pleito um “não”. Mas, pelo que vimos ao consultar o site do Dataprev, o pedido de auxílio feito por um fraudador foi aprovado”, escreveu o jornalista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O fraudador provavelmente indicou que não tinha conta bancária e abriu a conta específica da Caixa – a que, obviamente, meu filho não tem acesso. Portanto, sequer sabemos se o dinheiro foi depositado e se foi sacado”, destacou o famoso.

“Quantos entre esses realmente fraudaram o programa? Meu filho não fraudou, é vítima e pode provar. Não se zelou pela aplicação do dinheiro público? Quem protege os cofres públicos da ação de estelionatários ou de pessoas mal intencionadas?”, indagou Bonner, informando ainda que uma queixa-crime foi aberta por causa da situação.

Veja:

William Bonner no Twitter (Reprodução – Twitter)
O jornalista disse que filho foi vítima de golpe (Reprodução – Twitter)
Bonner esclareceu que procurou a justiça (Reprodução – Twitter)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais