Walcyr Carrasco relembra Ivete Sangalo em Gabriela: “Mostrou que é uma excelente atriz e deveria ter seguido carreira”

A baiana viveu a personagem Maria Machadão no remake de Gabriela

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O autor e escritor Walcyr Carrasco relembrou a sua satisfação com a cantora Ivete Sangalo em um dos seus trabalhos mais elogiados dos últimos anos, o remake de Gabriela. Em entrevista ao Instagram da revista Caras, para Márcia Piovesan, ele, que atualmente está se dedicando a continuação de Verdades Secretas, foi só elogios à baiana. “Para a minha surpresa, ela mostrou que é uma excelente atriz e deveria ter seguido carreira“, disse.

Walcyr, na ocasião, foi questionado por Márcia se existiu algum personagem em que ele não acreditou que vingaria e que se tornou um sucesso. O autor, então, explicou que em geral ele escreve personagens bem definidos sobre o que serão na história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já são feitos para acontecer! No caso dela [Ivete], eu já sabia, a Ivete Sangalo é a Ivete Sangalo. Ela é conhecidíssima, tem milhares de fãs e milhões de seguidores. óbvio que ela iria emplacar. O que ela fez, para minha surpresa, é que ela mostrou que é uma excelente atriz e deveria ter seguido carreira“, elogiou o profissioanal.

Ivete Sangalo viveu Maria Machadão em Gabriela. A personagem era a dona do Bataclan, o prostíbulo de Ilhéus. Sangalo usava peruca curta, unhas vermelhas, muitas joias e roupas de seda que compunham o figurino, que era inspirado na moda dos anos 20.Gabriela teve direção de núcleo de Roberto Talma e direção geral de Mauro Mendonça Filho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais