Walcyr Carrasco fala sobre ‘cegonho’ de Êta Mundo Bom!: “Virou praticamente um personagem”

Novela é sucesso no Vale a Pena Ver de Novo

Publicado há 4 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Impossível assistir a Êta Mundo Bom! e não se atentar para a ‘presença’ do famigerado ‘cegonho’. Paródia da clássica história que relaciona a cegonha ao surgimento dos bebês, a ‘ave’ inventada por Walcyr Carrasco caiu na boca do povo e virou sensação entre os fãs da novela.

Uma proporção que o autor da trama jamais imaginou que uma anedota tão pueril tomaria. “Inicialmente, ia ser só uma cena. Ele (cegonho) foi crescendo e virou, praticamente, um personagem! Quando eu era criança, diziam que a cegonha trazia os bebês. Pensei: vou escrever a explicação na forma de como seria na época. Mas nunca achei que o público fosse entender a metáfora da cegonha, então, inventei o cegonho, o marido da cegonha. Pegou tanto que estou surpreso até agora!“, admitiu ele, à época da primeira exibição da trama.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Criador de diversos sucessos, antes e depois de Êta Mundo Bom!, Walcyr revelou fazer questão de se comover e se divertir com os próprios textos. “É muito importante que a minha emoção esteja no ar. Quando escrevo, se é uma cena triste, começo a chorar no computador. Se é engraçada, começo a rir. Me emociono e torço“, comentou ao site Gshow.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais