Walcyr Carrasco é acusado de plágio em novela da Globo

Escritora alega que novela global foi baseada em uma obra intitulada Caminhos de Maria; autor nega e diz desconhecer processo

Publicado há 2 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O novelista Walcyr Carrasco está sendo processado por Célia Moreia Mendes da Silva, que o acusa de plágio pela novela O Outro Lado do Paraíso, trama assinada pelo autor em 2017, que segundo a escritora seria baseada em uma obra sua intitulada Caminhos de Marias.

Clara (Bianca Bin) de O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/TV Globo)

Na ação, divulgada pelo jornalista Daniel César, do Na Telinha, Célia pede uma indenização de R$500 mil ao roteirista e à TV Globo. A reportagem informou também que até o momento não houve decisão e a ação vem sendo adiada desde o mês de março devido à pandemia do coronavírus.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda segundo o jornalista, a autora do processo pediu uma liminar para suspender a distribuição da novela dirigida por Mauro Mendonça Filho para venda internacional, bem como sua veiculação no Globoplay, o que foi negado pela Justiça.

Procurado pela reportagem, Walcyr Carrasco disse que desconhece o processo e alegou ter se inspirado na obra O Conde de Montecristo, de Alexandre Dumas, que é de domínio público, fato declarado por ele desde a estreia da novela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais