Walcyr Carrasco diz que fez A Dona do Pedaço com “certa pressa”: “Tempo curto”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na madrugada desta quarta-feira (23), foi ao ar na TV Globo a edição do Conversa com Bial que teve a presença de Walcyr Carrasco, autor de A Dona do Pedaço. O escritor revelou como nasceu a história do enredo das 21h.

“Essa trama eu fiz com uma certa pressa. Tinha um tempo curto, [o diretor de teledramaturgia] Silvio de Abreu me ajudou a discutir a sinopse. Fiz em três semanas. Quando criei estava fascinado pela Maria da Paz. A primeira opção foi a Juliana [Paes]”, declarou o famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O profissional contou que costuma render mais no período noturno. “Sento, escrevo, às vezes deixo buraco para os colaboradores fazerem. [Escrevo] de madrugada, depois que vejo a novela sento para escrever. Depois vou relaxando na madrugada fumando charuto para os personagens irem embora”, explicou.

Questionado sobre as críticas por causa dos personagens gays da história, o novelista contou que não reage. “Eu faço a história e vejo a audiência. A gente tem dado 40. Se dá 40 está indo bem, o público está aceitando”, apontou.

Com relação à Verdades Secretas 2, Carrasco confirmou que existe o projeto. “Espero que daqui a mais ou menos um ano a gente faça. Tem que ter mais ou menos os mesmos personagens para termos a continuação”, concluiu Walcyr.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio