‘Voz de Deus’ em Jezabel é evangélico e interpreta papel desde Os Dez Mandamentos

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há uma coisa em comum em todas as novelas do filão bíblico da Record TV, além da temática religiosa. Em todas elas, a voz de Deus é interpretada pelo locutor e dublador César Willian, de 54 anos. Atualmente, ele desempenha esse trabalho em Jezabel.

Mais do que simplesmente um desafio profissional, ele encara a missão de representar o Altíssimo nos folhetins da Barra Funda como uma missão espiritual. César é evangélico e frequenta a Igreja Batista. Em entrevista ao jornalista Daniel Castro, ele falou um pouco de suas experiências com o Criador.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Num final de semana, num culto, o Senhor falou comigo: ‘Larga aquilo [seu trabalho como locutor de rádio] que eu tenho coisa melhor pra você’. Desse jeito, nessas palavras. Era como se eu fosse chacoalhado, bem forte. Eu chorava, meus olhos pareciam uma cachoeira, um negócio de louco”, detalhou ele, que na mesma semana recebeu proposta para trabalhar em uma campanha política na Bahia.

“Eu fui aprovado. E o salário era coisa que eu só ganharia em uns três anos [no emprego anterior]. A questão financeira nem foi o grande lance, mas sim a capacitação que esse trabalho me possibilitou. A partir dali tive um portfólio muito melhor pra me apresentar e disputar trabalhos”, agradeceu o profissional, que começou ‘interpretando’ Deus na novela Os Dez Mandamentos (2015) e desde então não parou mais.

“Vivo num processo cada vez mais crescente com o Senhor, de buscar cada vez mais sua vontade. É o que a gente chama no protestantismo de santificação. Certamente meu trabalho com a Record intensificou muito isso. Quero fazer o melhor possível para dignificar o nome que estou representando. No momento da atuação busco a plenitude na relação com Deus”, explicou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais