Volta de André Marques marca o É de Casa deste sábado

O apresentador estava afastado já há algumas semanas

Publicado há 7 meses
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir deste sábado (2), o quadro Sincerão kids está de volta ao É de Casa e junto com ele o apresentador André Marques, que chega para reforçar o time formado por Zeca Camargo, Ana Furtado, Patricia Poeta e Cissa Guimarães, que segue em casa por recomendação da Globo e autoridades de saúde, mas entra por vídeo sempre que possível.  

Na terceira temporada do quadro, 10 crianças de idades entre seis e 12 anos são desafiadas por André com temas que fizeram sucesso no passado. Ao longo de quatro episódios, o quadro vai abordar aparelhos eletrônicos e brinquedos diretamente da época dos pais deles e até ensinar a criançada a ser um influenciador digital “raiz”, com direito a filmadora e videocassete. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Matando a saudade

“É um quadro muito bacana e eu posso matar as saudades da molecada. Gosto muito de trabalhar com as crianças. A doçura e a leveza delas é única, é ímpar”, diz o apresentador. Sobre as respostas que podem surgir ele tem certeza que serão muito sinceras. “As crianças não têm um pensamento para querer acertar ou agradar, tudo que vem deles é muito puro e muito sincero”, avalia.  

A volta de André reforça ainda mais o time de apresentadores que vêm comandado o matinal por mais tempo no ar a cada semana, durante o isolamento social. No programa de amanhã, o retorno das feiras livres, a diminuição da poluição em São Paulo neste período, além de matérias sobre doação de quentinhas e o teste de COVID-19 realizado sem que a pessoa precise sair do carro estão entre os temas abordados neste sábado. 

Entre os convidados que participam por vídeo, Babu Santana, do ‘BBB’, e o apresentador do reality Tiago Leifert. O musical da semana fica por conta de Ludmilla, Jorge Ben Jor e Alok, e a homenagem de encerramento do programa vai para os garis, outra profissão que não para mesmo com a pandemia.  

O ‘É de Casa’ deste sábado começará mais cedo, logo após o ‘Como Será?’, e seguirá por cerca de cinco horas no ar. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio