Você sabia? José Paulo de Andrade já foi Zorro na TV

O mascarado foi tema de um seriado no Brasil há mais de 50 anos

Publicado há 2 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não são poucos aqueles que passaram anos acompanhando o trabalho do jornalista José Paulo de Andrade, desde o início de sua carreira na Rádio América em 1960 e, principalmente, nos 53 anos de Grupo Bandeirantes de Comunicação que o profissional cumpriu.

Falecido aos 78 anos na manhã desta sexta-feira (17), vítima de complicações decorrentes da covid-19, José Paulo Andrade apresentava desde 1973 na Rádio Bandeirantes o matutino O Pulo do Gato, além de ter apresentado a partir de 1978 outro matutino, o Jornal da Bandeirantes Gente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A missão era difícil: substituir o consagrado Vicente Leporace e seu Trabuco, sucesso absoluto no horário. Mas José Paulo e Salomão Ésper encararam o desafio e fizeram o êxito de um novo programa, que contou com a fidelidade do público da estação.

Uma curiosidade da qual hoje poucos devem se lembrar e muitos seguramente não sabem é que José Paulo de Andrade atuou também na TV Bandeirantes, não apenas como apresentador de telejornais, entre os quais Titulares da Notícia, Jornal de São Paulo e Band Cidade.

Em 1969, com dois anos no ar, a emissora produziu uma versão brasileira de As Aventuras do Zorro, como seriado, que ia ao ar em horário nobre. E era o próprio José Paulo de Andrade quem dava vida ao herói mascarado. Na ocasião, o profissional integrava a equipe esportiva da rádio.

Não encontramos registros do trabalho em foto ou vídeo, infelizmente. No entanto, ainda que tenha se saído bem como Don Diego, o “Canhão do Rádio” fez história mesmo no jornalismo, e também com suas opiniões sempre contundentes, mesmo que nem sempre o ouvinte concordasse com elas. Já está fazendo falta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais