Vitor se diz culpado da morte de Jandira e é condenado à prisão

Publicado há um ano
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vitor (Vitor Novello) vem sofrendo se sentindo culpado depois da morte de Jandira (Brenda Sabryna). Mas nos próximos capítulos de Topíssima, ele finalmente é levado à julgamento para prestar esclarecimentos pela morte da moça. Madalena (Denise Del Vecchio) e Zeca (Paulo Cesar Grande) assistem a audiência.

O juiz inicia o julgamento e Vitor confessa que convenceu Jandira a fazer o aborto. “Vitor, você confessou na delegacia, perante o delegado André Medeiros, conforme depoimento constante nos autos, nas folhas dez e onze, que convenceu Jandira a fazer um aborto de um filho seu e a levou para realizar o procedimento em uma clínica com péssimas condições de atendimento?”, indaga o juiz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O rapaz confirma que confessou e se diz culpado, pedindo para o juiz acabar logo. “Excelência, com todo respeito. Já disse tudo lá na delegacia. Eu sou culpado e tenho que pagar. Vamos acabar logo com isso, por favor”, diz Vitor. O advogado do acusado pede uma pausa, mas Vitor se antecipa e pede para o juiz prosseguir com o julgamento. Ele se diz responsável pela destruição de quatro vidas.

O juiz enta entender os motivos do rapaz e ele comenta sobre. Posteriormente, se vira para os pais de Jandira e pede perdão, mesmo sabendo que será difícil. Ele recebe a sentença e é condenado a mais de dois anos de prisão.

“Condeno o réu, Vitor Menezes da Silva, ao cumprimento da pena de dois anos e três meses, com regime prisional inicialmente fechado, podendo ser convertido em medidas sócio-educativas, após o cumprimento de um terço da referida pena”, conclui o juiz.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Topíssima

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio