Vincent Villari relembra problemas e fracasso da novela A Lei do Amor: “Angustiante”

Ele assinou a produção ao lado de Maria Adelaide Amaral

Publicado em 30/10/2021 01:33
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Grande parceiro de Maria Adelaide Amaral, Vincent Villari falou sobre sua experiência como autor de novelas em uma live com André Arteche.

O intérprete de Julinho em Ti-ti-ti conversou com o dramaturgo e fez diversos questionamentos, dentre eles, como é enfrentar a baixa audiência em uma trama.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesse contexto, Vincent lembrou de A Lei do Amor, novela que assinou como titular ao lado de Maria Adelaide. Antes prevista para o extinto horário das 23h, a trama foi realocada para o horário nobre.

Segundo o autor, vários problemas afetaram a produção, começando pela estreia, constantemente adiada. Além disso, eles reescreveram sinopse e capítulos por muitas vezes para fazer modificações impostas pela Globo.

“A novela tava quarenta capítulos entregues e todo mundo gostava da novela. Direção, elenco. Era pra ser um sucesso. Mas quando aquilo foi pro ar, não foi… Tava tudo errado. E a gente não sabia o que. Essa é a parte mais angustiante. O pesadelo de todo autor”, relatou.

Conforme a novela era exibida, eles tentavam solucionar os problemas. “A gente foi batendo cabeça. Aí quando a novela finalmente pegou, tava dando a audiência esperada, já era fevereiro. A novela ia acabar em março. Então a gente acabou ficando com uma média geral baixa”, destacou.

Vincent assumiu que, apesar dos pesares, A Lei do Amor entregou ótimos índices de audiência para a sucessora A Força do Querer. “A gente entregou bem. Até a gente entender qual era o problema e corrigir a rota…”, lembrou. “Se a novela dá certo, o mérito é de todo mundo. Se não dá certo, a culpa é do autor”, salientou.

Entretanto, a trama foi tão criticada que afetou a saúde mental e física do autor. “É todo mundo xingando você todos os dias. É você escrever a novela debaixo de paulada. Eu perdi dez quilos”, lamentou.

“A Lei do Amor foi muito angustiante. Eu perdi dez quilos, terminei tomando remédio para dormir”, disse Vincent, que contou com o apoio do autor Ricardo Linhares para continuar escrevendo a novela. “Eu tive o auxílio luxuoso do Ricardinho. Teve um momento que eu travei. Só chorava…”, contou.

Considerada um dos fracassos da última década, A Lei do Amor foi protagonizada por Cláudia Abreu e Reynaldo Gianecchini, casal que não mostrou muita química. Além disso, é lembrada por ser o último trabalho de José Mayer na Globo, vivendo o vilão Tião. Para se ter ideia, ganhou até o apelido de “A Lei do Horror” nas redes sociais.

Atualmente, Vincent auxilia João Emanuel Carneiro na produção da novela Olho por Olho, que tem previsão de estreia para agosto de 2022. Regina Casé, Sophie Charlotte e Letícia Colin serão as protagonistas.

Assista a live completa:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio