Verão 90: Jerônimo forja uma ‘nova’ identidade para se aproximar dos Ferreira Lima

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Verão 90, Jerônimo (Jesuíta Barbosa) irá para o Rio de Janeiro se aproximar dos Ferreira Lima, uma das famílias mais influentes da Cidade Maravilhosa. A primeira vítima do ex-astro mirim será Quinzinho (Caio Paduan), mauricinho herdeiro de um verdadeiro império que cairá na cilada de Jerônimo.

Para se aproximar dos bacanas, Jerônimo adotará uma nova identidade e usará o nome de Rogê Guerreiro. Ele ‘estudará’ tudo sobre os Ferreira Lima. Até alugar uma lancha para surpreender os endinheirados do Rio de Janeiro, ele alugará. A princípio, Quinzinho desconfiará do irmão de João (Rafa Vitti) e tentará desmascará-lo quando ele contar que está hospedado no Quin’s Palace.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Verão 90: Jerônimo rouba Celestine e foge para o Rio de Janeiro

“No Quin’s Palace? É o hotel do meu pai. A gente vai lá a noite, temos uma reunião de trabalho. Qual quarto você tá? Ou esqueceu o número do quarto?”, dirá Quinzinho, tentando desmascarar o tal Rogê. Mas Jerônimo será mais rápido e dará a volta no herdeiro de Mercedes (Totia Meireles) e Quinzão (Alexandre Borges).

“Putz… Pior que esqueci mesmo. Cheguei ontem e já emendei numa festinha… A secretária do meu pai que fez a reserva…Mas é só dar meu nome na recepção – Rogê Guerreiro – que eles ligam pro meu quarto”, disfarça o rapaz, que conseguirá se hospedar no hotel, deixando o herdeiro da família Ferreira Lima sem graça.

Plano meticuloso

Jerônimo/Rogê fingirá ser amigo de Tobé (Bernardo Marinho), um dos melhores amigos de Quinzinho. “Beleza? E aí, Tobé? E a galera do Santo Agostinho?”, dirá Jerônimo, se referindo à escola de alto padrão aquisitivo, no Rio de Janeiro. “Santo Agostinho! Podes crer. De vez em quando a gente se encontra”, dirá Tobé, sem graça.

“Eu perdi o contato com a maioria. Pai diplomata é complicado, né? Morei em Washington, depois em Bruxelas. Não, Bruxelas foi depois de Copenhagen. Nem sei mais”, acrescentará Jerônimo, mentindo descaradamente para os novos amigos. Uma mulher que estará com “Rogê” dirá que um tal de Johnny Depp ligou para ele. Todos ficarão surpresos com a ‘popularidade’ do vilão. Mas tudo isso fará parte do jogo de Jerônimo para ele se ‘enturmar’ no mundo dos ricos e famosos.

“Depois que eu me formei, passei um tempo em Los Angeles, trabalhando. Fui assistente do Spielberg, do Oliver Stone… Era meio faz tudo no set de Platoon, sabe qual é? Acabei ficando brother do Johnny Depp. Mó doidão o cara, mas gente boa…”, inventará Jerônimo, conseguindo se enturmar com a nova galera.

Mesmo antipatizando profundamente com Rogê, Quinzinho acabará tendo de aceitá-lo em seu círculo social. Tudo porque o vilão acabará sendo testemunha ocular de um assassinato no qual Quinzinho se verá envolvido, ficando nas mãos do jovem picareta.

Verão 90 tem colaboração de Daisy Chaves, Isabel Muniz, João Brandão e Luciane Reis, direção artística de Jorge Fernando, direção geral de Jorge Fernando e Marcelo Zambelli e direção de Ana Paula Guimarães e Diego Morais.

Leia mais: Verão 90: Jerônimo ameaça o irmão: “Eu te mato, João!”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais