Veja os 10 participantes mais odiados dos reality shows

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Fazenda – Nova Chance estreou na última semana levando para o público a complicada missão de escolher um vencedor entre figuras conhecidas e polêmicas. Já é comum em programas de competição, apontar favoritos e odiados em cada edição. Confira a lista dos participantes mais odiados pelo público em reality-shows:

Leia também: Marcelo Rezende deixa uma lacuna na televisão brasileira

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Theo Becker (Divulgação)

Theo Becker

O ator que foi estrela da novela A Escrava Isaura na Rede Record, foi também uma das figuras mais polêmicas de A Fazenda. Com brigas escandalosas, e sem propósito, ele ganhou a antipatia do público, que ainda hoje, anos após sua participação, faz piadas com o ocorrido. O ex-papaquito afirmou em entrevista que ele não agiu como ele mesmo, e sim encarnando um personagem que acreditava ser o mais adequado para o show, mas que isso não foi bom para sua vida profissional.

Tina (Divulgação)

Tina

O ano era 2002, e na segunda edição do Big Brother Brasil, tivemos Tina, uma das participantes mais barraqueiras do programa, e que provocou uma briga generalizada com todos os participantes do reality da Globo. Ao ver que todo o elenco se posicionou contra ela, a loirinha resolveu testar os limites de cada um batendo panelas para acordar todos eles. Talvez nos dias de hoje, Tina seria campeã, mas numa época que o bom mocismo imperava, ela foi eliminada posteriormente ao seu ataque de fúria.

Maytê Piragibe e Paulo Victor (Reprodução/Instagram)

Maytê Piragibe

O público ainda não entendeu a vitória de Maytê Piragibe na primeira temporada do Dancing Brasil. A atriz chegou a reclamar no ar que estava sendo injustiçada pela direção do programa e pelos colegas, afirmação que não caiu bem nos ouvidos dos telespectadores. Boatos se espalharam que o comportamento da moça era extremamente egoísta, e no dia da final do programa, a torcida nas redes sociais era para que Jade Barbosa saísse vencedora da competição.

Mara Maravilha em A Fazenda (Divulgação/ RecordTV)

Mara Maravilha

Mara Maravilha tinha o favoritismo em A Fazenda 8 por ser a figura de maior destaque do programa. A apresentadora que foi ícone infantil nos 80 porém irritou o público por seu comportamento dúbio. Fofoqueira e um pouco manipuladora, ela agrediu o ator Douglas Sampaio com dois tapas no rosto, e afirmou em entrevistas posteriores que tudo não passou de uma personagem criada por ela para gerar audiência ao show.

Sisters tiveram almoço das finalistas (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Emilly Araújo

No início do Big Brother Brasil 17, Mayla, gêmea de Emilly Araújo, disse que a irmã já tinha um fã clube do lado de fora. A competidora que antes parecia forte e voraz, se tornou melancólica e irritante após se envolver com o médico Marcos Harter. Emilly era ciumenta, arrogante, e manipuladora. Usava sua pouca idade como justificativa para atitudes ruins, sempre admirada por seu montante de seguidores adolescentes. Por outro lado, o público mais maduro do programa repudiava seu comportamento.

Marcelo Arantes do BBB 8 (Divulgação/ TV Globo)

Marcelo Arantes

No BBB 8, Marcelo Arantes infernizou a vida dos colegas de confinamento. Amigo de Gyselle, o psiquiatra estrelou a primeira grande briga da edição acusando Thalita Lippi de manipular votos contra ele, depois brigou com Thati, e com Rafinha dizendo que o rapaz havia inventado uma história se fazendo de pobre para vencer o reality. Chamado de Psicopata pelos telespectadores, ele deixou a casa com 71% dos votos num paredão contra Rafinha.

Rafael Ilha e Aline Kezh (Divulgação)

Rafael Ilha

O descontrole emocional foi a marca de Rafael Ilha durante sua passagem pelo reality show Power Couple Brasil. Com mania de perseguição, ele se estranhou com vários participantes, muitas vezes por clara falta de comunicação e achismos. O ex-Polegar saiu do programa tendo Diego Cristo e Ana Paula como principais inimigos.

Guilherme Cowboy (Divulgação/ RecordTV)

Guilherme Cowboy

No reality show A Casa, o empresário Guilherme Fernandes (Cowboy) era odiado pelos internautas que comentavam o programa em redes sociais. O rapaz protegia as atitudes condenáveis de seus companheiros, enquanto julgava com mão de ferro outros participantes. Após ser tirado do poder como dono da casa, ele tentou sabotar junto com seu xará Guilherme a gestão de outros participantes, usando mais água que o permitido.

Rogério Padovan do BBB 5 (Divulgação)

Dr. Rogério

Rogério era o reflexo do anti-herói no Big Brother Brasil 5. O médico era estrategista, manipulador e um pouco machista. Estava sempre armando com seu fiel companheiro P.A, e saiu da competição com um dos maiores índices de rejeição do programa: 95%. No ano seguinte, a participante Aline saiu com 96% dos votos do público por ser considerada fofoqueira.

Ana Paula faria participação no Big Brother Brasil 17 (Divulgação/TV Globo)

Ana Paula Renault

Amada e odiada na mesma medida, Ana Paula Renault, foi uma das participantes mais expressivas do Big Brother Brasil. Não acostumada com regras, ela repudiou Laércio no início de sua jornada, acusando-o de pedófilo e gerando revolta no público (Recentemente, ele foi condenado a 12 anos de detenção por seus crimes comprovados). Posteriormente ela se envolveu em brigas com Juliana, que a proibiu de citar seu nome do lado de fora, Adélia, e Renan. Sua desavença com Renan unida a seu descontrole ao ingerir bebidas alcoólicas levaram a moça a ser expulsa do programa por agressão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio