“Uma tirana adorável”, avalia atriz de Toma Lá Dá Cá sobre Dona Álvara

Atriz contou que se inspirou em políticos para compor personagem

Publicado há 4 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste sábado (1º), a TV Globo volta a exibir em sua grade Toma Lá Dá Cá, humorístico de Miguel Falabella do final dos anos 2000. No elenco, um dos personagens memoráveis da trama é Dona Álvara, síndica autoritária interpretada por Stella Miranda.

Com a reprise, internautas resgataram momentos de Dona Álvara e compararam a “rabugenta” senhora ao atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao Notícias da TV, a atriz rebateu as comparações e explicou que jamais a personagem seria bolsonarista. “Coitada, ela tem bom coração. Ela era uma vilã, mas era querida. Não sei se é porque eu defendo a personagem, mas ela não tinha preconceito algum“, disse Stella, que lembrou que Álvara era casada com o homossexual Ladir (Ítalo Rossi).

Era radical, linha dura, mas era muito humana. É muito interessante a personagem, acho que dona Álvara é uma tirana adorável, se é que existe isso. Ela não pode ser bolsonarista porque o bolsonarismo é muito reacionário, homofóbico e burro.”, comentou a atriz, que se inspirou nos políticos para compor a personagem.

“Na época, me inspirei nos políticos que tratam a coisa pública como privada, que não têm transparência alguma. É nesse sentido”, contou Stella, que chamou de privilégio ver Dona Álvara lembrada como meme.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio