TV Brasil celebra 14 anos colhendo frutos da nova programação e expansão do sinal digital

Neste ano, o canal aumentou a faixa infantil e estreou novela bíblica

Publicado em 01/12/2021 14:49
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

TV Brasil comemora nesta quinta-feira (2) de dezembro 14 anos no ar. Gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), a emissora pública decidiu, no último ano, mudar sua forma de atuação no que diz respeito à aquisição, produção, distribuição e comunicação.

“Em abril, a TV Brasil estreou nova programação com séries documentais e de ficção inéditas, além de programas jornalísticos, infantojuvenis e atrações esportivas. Ao aprimorar a oferta de produções de qualidade em sinal aberto, aplicativos e redes sociais, on demand e em tempo real, o canal conquistou novos públicos”, declara o Presidente da EBC, Glen Valente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O resultado se traduz no crescimento da audiência nos últimos meses: de acordo com dados do Painel Nacional de TV (PNT), a emissora iniciou novembro em 6º lugar no ranking, mantendo-se no top 10 da TV brasileira. Em números absolutos, a sexta posição na lista (que conta com 90 emissoras) representa o alcance de 4,5 milhões de lares nas localidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Emissora oficial dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, a TV Brasil se consagrou também na ampla cobertura do evento, realizado de 24 de agosto a 5 de setembro. As transmissões diárias, ao vivo, mostraram desde a cerimônia de abertura e a solenidade de encerramento, até as principais competições nas diferentes modalidades, com destaque para a participação dos atletas brasileiros em esportes coletivos e individuais.

Nova programação em 2021

Entre as estreias de destaque na TV Brasil este ano está a novela Os Dez Mandamentos, superprodução que reconta a saga de Moisés, desde seu nascimento até a chegada de seu povo à Terra Prometida, passando pela fuga do Egito através do Mar Vermelho e o encontro com Deus no Monte Sinai. A atração de sucesso é exibida de segunda a sábado, às 20h30.

Após 35 anos no ar, o Sem Censura ganhou nova temporada, com exibição semanal. Apresentado por Marina Machado, o programa tem lugar na grade do canal às segundas-feiras, às 21h30.

Para deixar o público ainda mais informado, o telejornalismo ampliou seu espaço na telinha da TV Brasil em 2021. Apresentados por Giulianno Cartaxo, em Brasília, Munike Moret, no Rio, e Vivian Costa, na capital paulista, os noticiários locais Repórter DF, Repórter Rio e Repórter São Paulo reestrearam para levar dicas de trânsito, previsão do tempo e flashes ao vivo aos espectadores dessas regiões. Com duração de 15 minutos e transmissão ao vivo de segunda a sexta, os programas vão ao ar ao meio-dia.

E a qualidade e a credibilidade do radiojornalismo da EBC também passaram a integrar a programação da emissora pública este ano. Com apresentação de Monyke Castilho e Miguelzinho Martins, o Repórter Nacional, da Rádio Nacional, faz um giro de 30 minutos pelo país com tudo o que o público precisa saber para começar o dia bem informado. O programa é transmitido de segunda a sexta, a partir das 7h30.

Maior faixa infantil da TV aberta

Atrações infantis e juvenis da TV Brasil Animada – como Os Chocolix, Martin Manhã, A Mirette Investiga e novas temporadas de Valentins e Detetives do Prédio Azul – completam o pacote de estreias de 2021.

A faixa também ganhou novos personagens (Zig, Pong, e Tum), criados para acompanhar a mudança da identidade visual da programação, que ficou mais colorida e cheia de movimento de forma a permitir mais interação com a garotada.

Maior faixa infantil da TV aberta, a TV Brasil Animada preenche mais de quatro horas diárias de conteúdo na grade do canal. Totalmente sem publicidade, exibe produções que focam em eixos diretamente ligados à estratégia da EBC: diversidade brasileira, inclusão e cidadania.

Expansão do sinal digital

Ainda neste ano, a TV Brasil firmou novas parcerias para expansão do sinal digital, por meio do programa Digitaliza Brasil, criado pelo Ministério das Comunicações. É o caso da Rede Minas e da TV UNIFAP – da Universidade Federal do Amapá -, que passaram a integrar a Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), gerida pela EBC.

Formada por 48 emissoras afiliadas e quatro emissoras próprias, a RNCP de TV permite a distribuição de conteúdo de relevância nacional produzido localmente pelas afiliadas, além da expansão do sinal e alcance da programação da TV Brasil. Por meio do intercâmbio de conteúdo artístico e jornalístico, parcerias como essas agregam valor não só para a TV Brasil, mas para todo o sistema de comunicação pública do país.

Para participar da RNCP, as emissoras firmam contratos e acordos de cooperação em que se comprometem a transmitir a programação da EBC, como a da TV Brasil que já conta com todos os recursos de acessibilidade, obrigatórios por lei, e a participarem de coberturas especiais. Em contrapartida, a EBC auxilia as emissoras em processos de outorga de canais, disponibiliza suporte técnico, capacitação e cessão de equipamentos.

No final de novembro, a EBC realizou o Encontro da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), e reuniu cerca de 60 representantes de emissoras de TV e Rádio públicas do país, para discutir diretrizes e colaborações entre os veículos da Empresa Brasil de Comunicação e as radiodifusoras afiliadas, além de estabelecer metas e estratégias para a ampliação do alcance do sinal e conteúdos dos veículos EBC por meio da Rede.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio