Transmissões piratas de A Força do Querer no YouTube viram fenômeno de audiência

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Novela das 21 horas da Globo, A Força do Querer elevou em nove pontos de audiência o horário, onde deve fechar sua trajetória com 36 pontos de Ibope na Grande São Paulo – sua antecessora, A Lei do Amor, marcou 27.

Em todo o país, o folhetim de Gloria Perez fez crescer os números da Globo. Mas nas últimas semanas, não é só o canal que tem ganhado telespectadores. Canais no YouTube também estão se aproveitando da popularidade da trama de Bibi Perigosa e companhia para angariar inscritos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Ivete Sangalo elogia desempenho de Juliana Paes em A Força do Querer

Desde a última terça-feira (17), o Observatório da Televisão monitora lives piratas de transmissões ao vivo da Globo no YouTube. Muitas ficam disponíveis durante todo o dia, transmitindo a emissora do Hora 1 até o Conversa com Bial.

Mas é em A Força do Querer que essas transmissões ganham dimensão. O número de transmissões dobram e alguns canais só fazem a exibição da trama, justamente para pegar esse público. Na terça e na quarta, 5 canais fizeram a transmissão do capítulo de A Força do Querer. Juntos, uma audiência impressionante: eles atingiram 72 mil pessoas de pico na terça e 74 mil na quarta-feira.

Um canal apenas, o 9 La News, que diz que em breve terá conteúdo próprio e pra isso pede inscrição dos telespectadores que assistem, angariou pico de 47,3 mil telespectadores no capítulo da última terça-feira (17).

Trazendo esses números para a realidade de audiência da Grande São Paulo, A Força do Querer atingiria cerca 1,2 ponto apenas com sua transmissão no YouTube – é mais do que a média da RedeTV! e praticamente o mesmo que a Cultura consegue em sua média 24 horas.

As lives atuam sem fiscalização. O próprio YouTube as mostra em uma pesquisa fácil para quem deseja ver a Globo ao vivo em qualquer horário. O curioso é que a Globo é bem severa com quem posta seu conteúdo na plataforma.

Não são poucos os canais que foram excluídos recentemente por quebra de direitos autorias alegadas pela Globo – a maioria são canais que postavam vídeos apenas para preservar a memória da televisão brasileira.

Além do sucesso de A Força do Querer, um outro fator ajuda a entender o sucesso das lives piratas da novela das 21h no YouTube: o horário de verão. Mutos espectadores do Norte e Nordeste dizem, nas redes sociais, que estão apelando para elas para não tomarem “spoilers” das emoções do folhetim.

A reportagem consultou a Central Globo de Comunicação sobre a assunto. A Globo afirmou dispor de “tecnologias modernas de combate à pirataria”. No entanto, por motivos de segurança, não poderia entrar em detalhes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio