Trágica história de Camila em Laços de Família é baseada em fatos reais; saiba detalhes

O autor do folhetim leu uma matéria sobre uma mãe que engravida para salvar a filha

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Exibida pela primeira vez entre junho de 2000 e fevereiro de 2001, Laços de Família, novela das 21h de Manoel Carlos, teve como inspiração uma reportagem. O autor falou sobre o assunto em entrevista ao livro Autores: Histórias da Teledramaturgia, da editora Globo.

“A história de Laços de Família veio de uma notícia de jornal. Em 1990, aconteceu um caso nos Estados Unidos, de uma mãe que engravidava novamente do marido para salvar a filha com leucemia”, recordou o novelista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“E ela conseguia salvá-la. Fiquei sabendo desse caso e pensei: ‘Bom, se ninguém fizer uma história sobre isso, um dia eu faço’. Mas achei que o cinema americano faria. Era uma história boa demais para o cinema americano não fazer”, avaliou o famoso.

“Logo em seguida, aconteceu um caso idêntico na Itália. Aí era demais! O cinema italiano faria. Ninguém fez. Em 1995, saiu um número da revista Seleções com a história. A minha assistente na época, a Gabriela, veio me mostrar a revista com a matéria, e eu decide fazer a sinopse. Mas a ideia rolava na minha cabeça desde 1991”, garantiu o escritor.

“A novela conta a história de uma mãe que engravidava de um homem, já sem gostar dele, para poder salvar sua filha que tinha leucemia”, concluiu Maneco, contando então como nasceu a situação vivida por Camila (Carolina Dieckmann) na produção. Vale lembrar que Helena (Vera Fischer) revela que Pedro (José Mayer) é o pai da loira, para então conseguir engravidar e ter o embrião que salva a jovem.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio