Torcidas se revoltam com ESPN e criam campanha contra a emissora

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quinta-feira (11), a ESPN foi alvo de uma campanha que foi criada no Twitter para criticar o canal.

A tag #VaiTomarNoCuESPN chegou ao primeiro lugar do Trending Topics da rede social. O movimento começou após o advogado Marcos Motta afirmar no programa Bate Bola que a relação do Cruzeiro com o banco BMG, um dos patrocinadores do time, pode ser irregular.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na ESPN, Jô Soares agradece Pedro Bial por carinho e refuta volta à televisão: “Não vou voltar”

“Não é uma novidade a participação de terceiros em direitos de atletas. Eu não conheço o caso do Cruzeiro. Não conheço os contratos que o Cruzeiro firmou com o BMG… Mas pelas palavras que foram ditas (pelo presidente do Cruzeiro Vagner Pires) me parece que há aí uma participação do BMG ou de um terceiro nos direitos de atletas. Dependendo do tipo do modelo de negócio que tenha sido feito entre o Cruzeiro e o patrocinador pode estar havendo uma quebra do regulamento da CBF e da própria Lei Pelé”, avaliou o profissional.

Após a declaração, os torcedores do clube logo subiram a tag e aos poucos os fãs de outros times resolveram se manifestar contra a emissora por outros motivos.

Veja:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio