Topa ou Não Topa chegava ao fim há seis anos

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia 08 de agosto de 2011, o SBT levava ao ar o último episódio do game show Topa ou Não Topa. Na época apresentado por Roberto Justus, a atração marcou a curta trajetória do publicitário na emissora de Silvio Santos, onde comandou também o Um Contra Cem. Antes dele, Silvio Santos apresentou o game no qual o participante tinha que encontrar uma maleta que valia um milhão de reais (em barras de ouro, que valem mais do que dinheiro).

Roberto Justus chegou ao SBT como uma espécie de retaliação de Silvio Santos à Record, que havia tirado Gugu Liberato de seus quadros. Para contra-atacar, o dono do SBT, numa tacada só, trouxe para seu canal Eliana, Roberto Cabrini e o autor de novelas Tiago Santiago, além de Justus. Na época, o apresentador fazia sucesso à frente de O Aprendiz, reality show empresarial que registrava boa audiência e atraía grandes anunciantes para a Record. Ou seja, com a contratação, o SBT buscava enfraquecer a concorrência, tanto na audiência quanto no faturamento.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Roberto Justus migrou para o SBT com a promessa de comandar programas de temporadas, sendo um game show e um reality show por ano. O primeiro deles, Um Contra Cem, era um jogo de perguntas e respostas no qual um único participante disputava um prêmio contra outras cem pessoas. Já o segundo, chamado O Grande Desafio, seria um novo formato de reality show empresarial, semelhante ao O Aprendiz. A atração chegou a ter chamadas veiculadas, mas acabou cancelada em razão dos altos custos de produção. Assim, Justus acabou emplacando um segundo game show seguido, o Topa ou Não Topa.

O game havia estreado no canal em 2007, apresentado por Silvio Santos nas noites de quarta-feira. No programa, o participante deve escolher uma entre 26 maletas, sendo que cada uma esconde um valor em dinheiro. Durante o jogo, o participante escolhe, uma de cada vez, as malas restantes para serem eliminadas, que vão tendo o seu valor revelado. Cada vez que um determinado número de maletas é aberto, Silvio Santos recebia ligações de uma figura oculta chamada de Banqueiro, que oferece uma certa quantia de dinheiro. Se o participante aceitar a oferta, o jogo termina e ele ganha o valor oferecido. Se o participante rejeitar todas as ofertas, ele ganha o valor contido na maleta escolhida inicialmente. Com Silvio no comando, Topa ou Não Topa atingia bons índices de audiência, muito por causa do apresentador, que arrancava boas histórias dos participantes, além de atender ao Banqueiro com um engraçado grito de “olááááá!”.

Curiosamente, antes de Silvio Santos adquirir o formato original do Topa ou Não Topa, chamado Deal or No Deal, o dono do SBT havia produzido uma versão, digamos, “pirata” do game, que se chamava Eu Compro o Seu Televisor, exibido em 2004. Nesta versão, Silvio não comprava maletas, e sim pequenos televisores que escondiam valores em dinheiro, e quem negociava não era o Banqueiro, e sim o “Diretor”.

Com Roberto Justus, Topa ou Não Topa não atingiu os mesmos resultados da temporada apresentada por Silvio Santos. A temporada de Justus estreou em 2010, e foi exibida nas noites de quarta-feira e, depois, segunda-feira, até estacionar nas noites de quinta, na extinta faixa SBT Show. Ao fim da atração, Justus foi convidado a retornar à Record e pediu a rescisão de contrato com o SBT. Foi atendido e retornou à emissora da Barra Funda, onde estreou seu próprio talk show, Roberto Justus +. Atualmente, comanda os reality shows Power Couple e A Fazenda.

Leia também:

Presença de Anita estreava há 16 anos

Reveja trecho de Roberto Justus à frente do Topa ou Não Topa:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais