The Voice Kids: Conheça as crianças aprovadas no segundo dia de Audições às Cegas

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último domingo (13), aconteceu o segundo dia de Audições às Cegas do The Voice Kids. As apresentações dos jovens cantores chamaram a atenção dos técnicos pela diversidade musical, com canções brasileira e internacionais.

Veja também: Rainha! Maisa dá melhor resposta após ser perguntada por Silvio Santos sobre o que é bicha

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao todo, 12 crianças foram selecionadas pelos técnicos Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Simone & Simaria. Com as últimas escolhas, 24 candidatos seguem na disputa do reality musical da Globo.

Com apresentação de André Marques e Thalita Rebouças nos bastidores, o The Voice Kids tem direção-geral de Flávio Goldemberg.

Confira os perfis dos aprovados no segundo dia de Audições às Cegas:

Alex Novais

Com 11 anos, o paulista de Campinas subiu ao palco do Kids com a música O Portão, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Sua inspiração é o pai, que forma uma dupla sertaneja com o irmão. Aos oito anos, quando a família percebeu que ele levava jeito para a música, o menino fez sua primeira apresentação em um palco.

Aos 10, foi selecionado para o musical Dois Filhos de Francisco e ficou por sete meses em cartaz. Quando crescer, quer ser cantor e ator e diz que estar no The Voice Kids é um sonho sendo realizado. Alex virou todas as cadeiras e escolheu o time de Carlinhos Brown.

Lívia Valéria

A menina de Patos, Paraíba, se apresentou com O Errado Sou Eu e ganhou o coração da dupla Simone & Simaria. Aos 12 anos ela já sabe o que quer ser quando crescer: cantora profissional ou veterinária.

Aos dois anos já cantava e gostava muito de ouvir música. Com seis, o pai passou a levá-la em shows de cantores populares da região e pedia para a filha dar uma canja. Os artistas gostavam e divulgavam seu nome para outros cantores.

Atualmente faz aulas particulares de violão e curte compor sobre amor. Escreveu cinco músicas e já está trabalhando na próxima. Além de um novo e variado projeto com músicas próprias e de outros artistas no repertório.

Ana Rízia

Nascida em Juazeiro, separada pelo Rio São Francisco de Petrolina, em Pernambuco, onde vive atualmente, a menina apresentou a canção Felicidade. Com a escolha, a pequena de 10 anos ganhou o coração dos quatro técnicos. Porém, decidiu entrar para o time Simone & Simaria.

Ana canta desde seu primeiro ano de vida. Aos três, foi convidada a cantar na Igreja, onde se apresenta até hoje ao lado dos pais e dos avós. Em Juazeiro, a menina chegou a se apresentar para cerca de dez mil pessoas no aniversário de Nossa Senhora Aparecida. Acredita que no The Voice Kids irá aprender muito e ganhar experiência.

Laurah Pessanha

De Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, Laurah foi aprovada por Claudia Leitte com a canção Banho de Lua (Tintarella Di Lua). Com apenas 10 anos de idade, sua agenda é bem cheia. Tem aulas particulares de inglês pela manhã, à tarde vai para a escola.

Já de noite tem aula de canto modelagem e interpretação para teatro, TV e cinema. Quando crescer quer ser atriz de musical ou veterinária, pois ama os animais. Laurah vivia cantarolando pela casa. Porém, foi aos seis anos que começou a se dedicar à música e iniciou as aulas de canto.

Luis Henrique Alves

O paulista de 13 anos se apresentou com Papel Machê e virou a cadeira de Carlinhos Brown logo nos primeiros versos. As outras técnicas também aprovaram o participante, que optou pelo time de Carlinhos. Sua vocação para a música começou ainda na creche, onde pegava o chocalho de brinquedo e fingia que era microfone.

Aos 11 anos, Luis entrou no Projeto Guri, na cidade de Paulo de Faria, onde fez aulas de canto, violão e percussão. Por meio deste projeto, o menino se apresentou em diversos eventos culturais da cidade. O menino também gosta muito de escrever e passou a colocar suas ideias no papel e musicá-las com o violão.

Sonha aprender a tocar piano. Atualmente, canta com o grupo jovem na Igreja que frequenta. Ele acredita que participar do programa vai ser a grande chance de mostrar seu talento para o mundo. Além de passar uma mensagem positiva a quem lhe escutar cantar.

Lanna Moutinho

A paulistinha de nove anos cantou Havana na sua e ganhou o coração e o time de Claudia Leitte. Toda sua família gosta de música e foi com eles que ela começou a cantar, quando tinha apenas dois anos. Por conviver com essa arte desde cedo, Lanna brinca que não aprendeu a cantar, pois já nasceu sabendo.

Sempre que pode, a menina se oferece para cantar nos eventos da escola. Aos seis anos, Lanna cantou no casamento da mãe e ofereceu a música como um presente aos noivos. É tão apaixonada por música que sempre quis participar do The Voice Kids. Ela acredita que o programa é uma oportunidade de cantar para muita gente.

Beatriz Freitas

Caipira, sucesso de Chitãozinho e Xororó, foi a música escolhida por Beatriz, de 11 anos. Ela precisou segurar a emoção para ver a cadeira de Carlinhos Brown aprovar sua apresentação nas últimas notas da música. Beatriz é de Peixoto de Azevedo, no Mato Grosso.

A menina é filha de cantores e começou a se apresentar aos seis anos em festivais de sua cidade. Seu pai é quem a ensina técnicas vocais, além de tocar violão. Na internet, ela mantém um canal onde posta seus vídeos cantando.

Giulia Levita

Com 12 anos, a menina arrancou elogios com Corazón Partío, de Alejandro Sanz, virou a cadeira dos três times. No entanto, Giulia escolheu Claudia Leitte como sua técnica no Kids. Nascida em Salvador, Giulia mora atualmente em Buenos Aires, na Argentina.

Já teve endereço em diferentes países, como Dubai, Venezuela, Panamá, Peru e México. Toca piano desde os cinco anos e o instrumento, segundo sua mãe, virou um vício na vida da filha. Em 2016, resolveu fazer um show em seu aniversário e cantou oito músicas.

Em 2017, enquanto passeava por Salvador com a tia, foi convidada a se apresentar com uma banda. Na Argentina, participou do musical Aladim Junior. Quando crescer, Giulia quer fazer medicina e atuar como cirurgiã cardíaca e geral para ajudar as pessoas. Como também poder sentir um coração em suas mãos. Ela acredita que vai se divertir e aprender muito no programa.

Camila Woloszyn

Think of Me, do musical Fantasma da Ópera, foi a canção apresentada por Camila. A escolha lhe rendeu a classificação para o time Simone & Simaria. Com 10 anos, a gaúcha, nascida em Passo Fundo, é residente em Porto Alegre e começou a cantar aos três anos. Com seis, iniciou as aulas de teclado e logo depois de piano.

Já com sete anos, introduziu as aulas de canto em sua rotina. Nos momentos de lazer, a menina gosta de jogar no computador. Camila também gosta de ir aos parques da Redenção e Marinha do Brasil com a família, onde anda de bicicleta. Sempre assistiu ao The Voice Brasil e, com o surgimento da versão Kids veio a vontade de participar do programa.

Duda Soares

Aos 11 anos, a moradora de Rio das Ostras (RJ), escolheu Final Feliz, de Jorge Vercilo, para sua primeira apresentação. Com a música, ela entrou para o time de Carlinhos Brown. Sua família é bem musical e costuma fazer serestas quando se reúne.

Seu pai, ex- vocalista de uma banda de pop rock, e sua prima, que canta MPB profissionalmente, são suas maiores inspirações. A menina canta desde os quatro anos e também faz aulas de canto, toca flauta doce. Duda ainda pretende estudar teclado e violão.

Costuma se apresentar para os familiares e em eventos na sua cidade. Sempre que se depara com alguém cantando em um restaurante, ela pede para dar uma palinha. Sonha em ser cantora e estudar música fora do país. Sempre se imaginou cantando no palco do Kids e diz que estar no programa é um sonho realizado.

Nicolas Gabriel

O mineiro da cidade de Campo Meio, escolheu a música Mala e virou a cadeira da dupla Simone & Simaria. Brown e Claudinha acompanharam as técnicas, mas o menino escolheu ficar no time das coleguinhas, depois de receber elogios de todos. O estímulo na música começou com o pai, que quando criança sonhava ser cantor.

Por isso, ele investe na carreira musical do filho de 11 anos. Aos quatro anos, Nicolas começou a cantar em casa para acompanhar as músicas que o pai escutava. Aos seis, passou a fazer aulas de violão. Nos finais de semana, o menino se apresenta com o pai, que faz segunda voz para ele, em restaurantes de sua cidade e região.

Cacá Nascimento

O Pato, de Toquinho e Vinicius de Moraes, foi a canção escolhida pela carioca de 11 anos. A menina virou todas as cadeiras e escolheu o time de Claudia Leitte para seguir na disputa.

Por influência do pai, que tocava teclado na Igreja, Cacá começou a se arriscar no instrumento em seu primeiro ano de vida. Quando tinha cinco anos, seu pai a inscreveu num festival de música católica, onde Cacá se apresentou ao lado do irmão. Desde então, seu pai passou a levá-la em rodas de samba.

Contudo, foi a partir de um convite do pianista Van Chagas, amigo da família, que a menina começou a se apresentar em várias delas com frequência. Atualmente, faz aula de canto uma vez por semana com a pianista Monique Aragão. Ela considera a professora uma de suas grandes inspirações.

Conheça as crianças:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais