Thales Bretas relembra história de amor com Paulo Gustavo e desabafa: “Tinha medo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Thales Bretas falou sobre a morte de Paulo Gustavo durante entrevista no Fantástico deste domingo (09). O médico relembrou a história de amor com o humorista e falou sobre a dor da perda.

A gente se conheceu em uma festa no Rio de Janeiro. Um dos meus melhores amigos conhecia o Paulo Gustavo. A gente deu nosso primeiro beijo, ele já era famoso e tinha medo de beijar em público. Ele me deixou em casa, eu fiquei com o boné dele para a gente ter um reencontro“, relembrou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O humorista morreu na última terça-feira (04), aos 42 anos. “Ele estava presente em todos os ambientes, me chamava o tempo todo, gritando sempre. Essa ausência é avassaladora porque é um silêncio que não fazia parte da minha vida havia sete anos”, disse.

O médico contou como Paulo reagiu quando descobriu que estava contaminado pela covid-19. “Quando ele descobriu que ele estava com o diagnóstico, ele ficou tão desesperado. Ele ficava em pânico. Depois ele teve febre, tosse, dor no corpo. Eu peguei também”, revelou.

Antes do fim da conversa, o viúvo se declarou para o companheiro. “Acho que a ficha tá caindo aos poucos, ele vai ser para sempre o amor da minha vida. Uma gratidão por ter tido a sorte de viver sete anos com ele. Eu acredito nos desígnios de Deus, ainda estou vivendo esse momento de aceitação“, desabafou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio