Tempo de Amar: Maria Vitória descobre que Lucinda inventou morte de Inácio: “Tu és um monstro”

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Tempo de Amar, a mocinha Maria Vitória (Vitória Strada) finalmente vai descobrir que Lucinda (Andreia Horta) inventou a morte de Inácio (Bruno Cabrerizo).

Em cenas previstas para irem ao ar na próxima semana, Maria Vitória saberá da verdade por Vicente (Bruno Ferrari). Ela ficará atônica com o que acabara de ouvir e vai atrás da vilã.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Tempo de Amar: Eunice rompe com Reinaldo: “Eu não o amo”

“Jamais poderia esperar isso dela… Como teve coragem de inventar todas aquelas coisas horríveis?… A morte de Inácio… É uma megera!”, brada a mocinha para Vicente, aos prantos.

Vicente pergunta o que ela fará dali em diante e Maria Vitória responde dizendo que não sabe ainda. Ela abraça Vicente e promete ser forte. Depois, a mocinha decide ir até a casa de Lucinda.

Maria Vitória bate na porta e a própria Lucinda abre. Ela dá um sorriso falso e tenta ser educada: “Minha querida… Que surpresa”. A mocinha passa com raiva, seca e nem dá boa noite. Ela tranca a porta do lugar para que ninguém interrompa.

Lucinda estranha e pergunta: “O que é isso, Maria Vitória?”. “Não quero que ninguém interrompa nossa conversa”, responde. E é nesse momento que Maria Vitória começa os desabafos.

“Tu és um monstro, Lucinda! Tu és a pessoa mais abominável que conheci na vida”, começa a mocinha. “É alguma brincadeira? Não estou entendendo…”, diz a vilã, realmente sem entender o que se passa.

“Eu já sei de tudo, Lucinda… Sei a pessoa que tu és, por trás dessa máscara falsa de boazinha… Sei que te casaste com Inácio!”, brada. Lucinda fica em choque: “Quem te contou isto?”.

“Não importa… Tu sabias da minha luta incansável por notícias de Inácio… Inventaste a morte dele… Fizeste-me viver o luto, até consolaste-me… Fingiste que era minha amiga… Compraste uma passagem para que eu embarcasse a Portugal… Meu Deus, tu entregaste-me as cinzas que dizias ser de Inácio! Como foste capaz de tudo isso, Lucinda?”, afirma com muita raiva Maria Vitória.

Lucinda então conta a parte da história que Maria Vitória não sabe: a de que se apaixonou por Inácio e o ajudou quando ele estava cego. “Inácio podia ter morrido, sim… Ele sofreu um acidente horrível… Eu o encontrei desacordado na estrada… Eu trouxe Inácio para a minha casa… Cuidei dele… Dei carinho… Inácio apaixonou-se perdidamente por mim!”, argumenta.

Maria Vitória não acredita e pergunta se ele perguntou sobre ela. Lucinda inverte o jogo e decide mentir: “Inácio nunca quis saber de você. Até porque você não estava aqui no momento mais difícil da vida dele.  O grande amor, do qual você tanto falava, só existia na sua imaginação”.

A mocinha fica totalmente irritada com o que ouve e pergunta por onde anda Inácio. “Viajou”, diz Lucinda. “Para onde?”, replica Maria Vitória. “Não lhe devo satisfações da vida do meu marido”, fala com raiva a vilã.

Nesse momento, Maria Vitória promete, por tudo que é mais sagrado, que contará a verdade para Inácio: “Eu ainda hei de estar com Inácio… E contarei quem é a mulher com quem ele casou-se. Mulher, não… A víbora!”.

As duas continuarão a discutir fortemente, e Maria Vitória vai perder o controle. Ela baterá na vilã sem dó. “Eu nunca agredi ninguém fisicamente… Mas contigo, não há outro jeito!”, fala a vilã, após começar uma série de tapas em Lucinda. Ela fica muito machucada e Maria Vitória implora para que ela pare.

“Tu merecias o dobro. Mas eu não quero mais sujar as minhas mãos.Tu és uma pessoa horrenda, Lucinda… Deplorável… Sei que teu pai é médico, e é um homem bom… Tenho pena dele… A tua doença não tem cura!”, brada Maria Vitória, antes de ir embora.

Tempo de Amar vai ao ar diariamente, depois de Malhação: Viva a Diferença – aos sábados, a trama entra no ar após o Caldeirão do Huck.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio