Tatá Werneck se declara e relembra parceria com Elizabeth Savalla: “Mãezoca amada”

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O capítulo desta terça (26) de O Sétimo Guardião teve Mirtes, personagem de Elizabeth Savalla, como o maior destaque. A vilã movimentou toda a trama, desde um escândalo com seu ex-amado até quando fez um perfil falso na internet para falar mal dos moradores de Serro Azul.

As cenas da atriz deram o que falar nas redes sociais, com muitos elogios a sua atuação na produção. Sendo assim, quem também entrou na onda para se declarar à veterana foi Tatá Werneck, que mostrou toda a sua admiração por Savalla.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em sua conta no Twitter, a humorista revelou estar acompanhando a trama. Além disso, relembrou uma parceria antiga com a atriz. “Não gosto de ver Savalla sofrendo nem na novela ❤️ mãezoca amada #osetimoguardião”, postou.

Parceria inesquecível

Vale lembrar que a estreia de Tatá Werneck nas novelas – e também na Globo – foi na novela Amor à Vida, de Walcyr Carrasco, em 2013. A humorista começou justamente contracenando com Elizabeth Savalla, em uma parceria lembrada até hoje pelo público.

Na novela, Tatá viveu a periguete Valdirene, filha da ex-chacrete Márcia, personagem de Savalla. A mãe fazia de tudo para a filha encontrar um bom partido e casar com um homem rico. Porém, elas só se metiam em trapalhadas. Assim, as cenas entre as duas eram sempre garantia de muitas risadas.

Leia mais: O Sétimo Guardião: Mirtes é expulsa da igreja e avisa: “Eu vou, mas volto”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio