Tatá Werneck lamenta “apagão” mundial de Chaves: “Importância inacreditável na minha vida”

Atriz promoveu festa temática do seriado para sua filha, aos meses idade

Publicado há 3 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz e comediante Tatá Werneck é uma das famosas que manifestou sua tristeza com a notícia sobre o “apagão” mundial de Chaves. “Chaves tá saindo do ar! Chaves tem uma importância inacreditável na minha vida. Triste por saber que outras crianças não poderão ver o que eu vi“, desabafou a artista em publicação em sua conta no Twitter.

O seriado mexicano deixou a grade do SBT após 36 anos, nesta sexta (31). A medida decorre de um impasse judicial envolvendo a Televisa e o Grupo Chesperito. Fã incondicional do programa humoristico, Tatá Werneck sempre fez publicações nas redes sociais mencionando episódios do seriado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em dezembro do ano passado, ela e seu marido, o ator Rafael Vitti, comemoraram o aniversário de dois meses de vida da filha ao estilo Chaves e Chiquinha, personagens do popular seriado.

Há 30 anos eu sonho em vestir minha filha de Chiquinha. E vestida assim vou ficar em casa. E levá-la na escola. Até ela entrar na justiça. Obrigada, amor da minha vida, Rafael Vitti, porque você é impressionante”, legendou Tatá numa foto com a família. Tatá, também vale ressaltar, já conheceu e entrevistou os atores Carlos Vilagrán e Edgar Vivár, os respectivos Kiko e Senhor Barriga.

O fim da transmissão

Na manhã desta sexta (31), o SBT enviou um comunicado à imprensa. “A partir deste sábado, 01 de agosto, o SBT deixará de exibir o seriado Chaves. A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/07), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias.

A exibição dos seriados Chaves, Chapolin Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou a apenas poucos dias do fim do contrato.

O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais