Supermax: Uma morte e 11 assassinos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diante da pressão psicológica dos acontecimentos de Supermax, os participantes conhecem a face mais sombria e hostil de cada um. Com a doença de Cecília (Vânia de Brito) piorando a cada dia e a ex-socialite ficando cada vez mais fora de controle, o grupo faz uma votação e opta por sacrificá-la em nome da sobrevivência no episódio que vai ao ar nesta terça-feira, dia 08. Mas a decisão deixa marcas em quem ficou.

“Olhem pra nós. Em poucos dias de penúria, no que a gente se transformou? Homicidas?”, indaga o ex-padre Nando. Decisão tomada, eles partem para a caçada e executam a vítima de forma coletiva. Literalmente. Todos são obrigados a sujar as mãos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Foram cenas muito fortes. Foi tudo muito intenso. Teve ator que seguiu chorando mesmo no fim da cena. Fiquei 15 dias ainda muito envolvida com a Cecília mesmo depois do fim das gravações. Sensações de raiva, loucura, desespero, terror… Precisei de muito tempo de concentração”, lembra a atriz Vânia de Brito.

Diante da barbárie, Artur (Rui Ricardo Rias) se desespera e busca enlouquecidamente uma saída. É então que ele faz descobertas importantes sobre o reality show e sobre o passado dos companheiros de confinamento. As informações privilegiadas vão mudar a sua relação com todo o grupo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio