Sula Miranda relembra início da carreira ao lado de Gretchen no Programa do Porchat: “Ela é muito brava”

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecida nacionalmente como a “Rainha dos Caminhoneiros”, Sula Miranda conta a Fábio Porchat nesta segunda-feira, 29/05, que orgulha-se em ostentar o título que lhe foi concedido após o sucesso da música “Caminhoneiro do Amor”, lançada em seu primeiro disco solo e relançada recentemente. “Tudo o que eu tenho, devo a essa classe”, agradece.

No bate-papo, a cantora relembra que, no início da carreira, ficava um pouco chateada porque era chamada de “irmã da Gretchen”. Porém, após conquistar seu próprio espaço, ela diz que até hoje tem que lidar com outra “confusão”. “As pessoas acham mais que eu sou irmã da Roberta (Miranda)”, diverte-se.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falta de estratégia da Record prejudicou o Programa do Porchat

Em outro momento da conversa, Sula confessa que já pegou carona em boleia de caminhão para fazer show e fala que teve de driblar a educação rígida dos pais para realizar o sonho de se tornar artista. “A gente foi criada num regime militar…”, abre o jogo, antes de revelar um segredo da irmã, aos risos. “A Gretchen é muito brava”, completa.

Além disso, Sula Miranda protagoniza a fotonovela “Emaranhado de Intrigas” e canta o hit “Rédeas e Possantes”.

A outra entrevistada da noite é a modelo mineira Paola Antonini. Na véspera do Réveillon de 2015, ela foi prensada por dois carros e sua perna esquerda teve de ser amputada. Apesar da tensão do momento e do desespero de seus familiares, Paola conseguiu superar todas as dificuldades com humor, simpatia e leveza.

“Não tive nenhum momento triste por ter amputado a perna. Eu quis enfrentar, tive muitas surpresas positivas”, conta. Ela ainda revela que, até a fatalidade, não tinha ideia de como era uma prótese. “Tem uma Paola antes e outra depois do acidente. Aprendi a valorizar a vida, a agradecer”, afirma. E com isso, lançou, ainda em 2015, um canal no YouTube em que passa mensagens positivas para as pessoas.

Hoje, com 22 anos, Paola já chegou a customizar sua prótese no Carnaval e até se arriscou no salto alto. Com sua história inspiradora, foi eleita musa das Paralimpíadas durante os Jogos realizados no Rio de Janeiro.

Programa do Porchat é exibido de segunda a quinta-feira na Record TV, à 0h15, com direção de Diego Pignataro e produção da Eyeworks.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio