Stênio Garcia volta a falar sobre demissão da TV Globo

Veterano ficou mais de 40 anos trabalhando na emissora, onde viveu personagens inesquecíveis como Bino, de Carga Pesada

Publicado há 4 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Demitido recentemente da TV Globo, após mais de 40 anos de contrato, Stênio Garcia, 88 anos, voltou a falar sobre sua saída da Vênus Platinada. Em entrevista à jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o ator, que está no ar na reprise de O Clone, no Canal Viva, definiu o canal como seu segundo lar.

Eu fiquei sem chão. Nunca tive problemas com a emissora e considerava como a minha casa. Na verdade, ainda considero muito a emissora, onde trabalhei bastante. Eu saía de um trabalho e entrava no outro, isso quando não fazia dois ao mesmo tempo. Tenho muito amor, respeito e gratidão pela Globo“, disse o veterano, que lembrou que, desde 2013, não era mais chamado para trabalhar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante o bate-papo, Stênio voltou a comentar sobre seu desafeto com o autor Silvio de Abreu, quem ele já responsabilizou por ter ‘pedido sua cabeça’.

“Não sei por que ele não gostava de mim. Não gostava e talvez porque eu sou baixinho, mas acredito que tenha a ver com a Cleyde Yáconis, que foi minha mulher e grande amiga do Silvio“, contou o ator, que disse que com a separação perdeu uma mulher maravilhosa, quem fez sofrer, deixando o atual chefe de teledramaturgia com raiva dele.

Em relação a acionar a Justiça contra a emissora dos Marinho, ele garante que ainda não tomou nenhuma decisão. Antes de ter sua rescisão definitiva, Stênio tentou ser salvo pela escritora Glória Perez.

Sem sucesso, o veterano ficou abalado com sua rescisão e chegou, inclusive, a fazer campanha nas redes sociais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais