SPACE disponibiliza série Zé do Caixão no Youtube

Publicado há um ano
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das mais relevantes personalidades do cinema nacional, José Mojica Marins e seu icônico personagem Zé do Caixão se tornaram figuras indispensáveis do horror brasileiro.

Em 2015, criador e criatura ganhou sua primeira série nacional, no canal SPACE. Como uma homenagem ao “pai do terror”, a série foi disponibilizada na última sexta-feira (21), no Youtube do canal.  Assista:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Esta foi a primeira série de ficção do canal Space Brasil. Foi escolhida a dedo tendo como objetivo homenagear um dos maiores cineastas brasileiros, mostrando seu processo de criação e produção. Nada mais justo nesse momento do que disponibilizar essa homenagem para todo público. Matheus Nachtergaele teve uma interpretação irreparável, emocionando o próprio Mojica em uma visita ao set“, conta Silvia Fu, Diretora Sênior de Conteúdo da Turner Brasil.

A produção Zé do Caixão foi inspirada na biografia de Mojica, Maldito – A Vida e o Cinema de José Mojica Marins, escrita em 1998 pelos jornalistas Ivan Finotti e André Barcinski. O próprio Barcinski assina o roteiro do seriado, juntamente com Ricardo Grynszpan e o diretor Vitor Mafra (do longa Lascados).

Com seis episódios de 45 minutos cada, a série foca na figura de Mojica e sua carreira no cinema, mostrando as filmagens e dificuldades das produções do cineasta, além de contar paralelamente como era sua vida pessoal e a relação com elenco, produtores e equipe dos longas.

Cada capítulo do programa é dedicado a um de seus filmes, incluindo Ritual dos Sádicos À Meia-Noite Levarei sua Alma, que traz a primeira aparição do personagem Zé do Caixão.

O premiado ator Matheus Nachtergaele foi o escolhido para interpretar Mojica em toda a série. Completam o elenco Felipe Solari, que vive um produtor chamado Mário Lima, e Maria Helena Chira, conhecida por suas atuações nas novelas Ti Ti Ti Sangue Bom, como a atriz Dirce Morais.

Os pais de Mojica também aparecem no seriado e foram interpretados por Anamaria Barreto (O Casamento de Romeu e Julieta) e Walter Breda (Amores Roubados).

O primeiro episódio é focado na produção do western brasileiro, A Sina do Aventureiro onde vemos Mojica antes de se tornar seu personagem icônico. 

Depois acompanhamos sua transformação em À Meia-Noite Levarei sua Alma Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver. Os três últimos capítulos mostram a fase mais transgressora do cineasta, com a trinca O Ritual dos Sádicos (também conhecido como O Despertar da Besta), Perversão 24 Horas de Sexo Explícito, que apresenta a primeira cena de zoofilia do cinema nacional.

A produção começou no dia 9 de março de 2015, em São Paulo, e contou com gravações no Bom Retiro, Cine Olido e outros espaços da capital paulista e da cidade de Paranapiacaba.

José Mojica Marins faleceu na última quarta-feira (19), em São Paulo, aos 83 anos, em decorrência de uma broncopneumonia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio