“Sou um surfista na vida”, diz Fernando Meirelles a Marcelo Tas

Publicado há 9 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

#Provocações desta terça-feira (17) recebe um dos cineastas mais respeitados do mundo, Fernando Meirelles, diretor do premiado Cidade de Deus, e que está lançando o longa Dois Papas, com Anthony Hopkins e Jonathan Price, recém indicado a Melhor Filme de Drama no Globo de Ouro 2020.

Em entrevista, Meirelles fala sobre seu interesse em fazer um filme sobre o Papa Francisco, de quem é um grande fã. “Hoje no mundo ele é uma das vozes mais importantes e razoáveis. O mundo inteiro está com essa onda de populismo e nacionalismo. As pessoas querendo construir muros e ele quer construir pontes. Uma voz lúcida. Quero conhecer mais esse cara”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sobre a origem de sua trajetória, ele afirma: “Eu acho que sou um surfista na vida. Eu nunca fui de perseguir meus sonhos, ir atrás. Quando vinha a onda, eu surfava. Talvez essa seja minha história de vida: eu soube aproveitar as ondas”.

Outro assunto abordado foi a inquietação como característica do cineasta. “Tive muitos siricuticos na vida e, atualmente, o meu maior siricutico é com a crise ambiental e do clima. Virou uma obsessão para mim. Não haverá futuro para a espécie”, comenta o diretor.

Papo cabeça

No último bloco, Meirelles conversa com Tas sobre a morte. “Hoje eu penso que vou morrer dez vezes por dia. Todos nós carregamos uma bomba que vai explodir a qualquer momento”, diz. E quando questionado sobre o que é a vida, fala: “A vida é algum barato mágico, que tem a ver com a biologia, que liga os átomos e faz um clic e desliga. É um relâmpago, um flash e foi”.

Apresentado por Marcelo Tas, o #Provocações vai ao ar às terças-feiras, às 22h15, na TV Cultura, no canal oficial do programa no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais