Sonia Abrão trouxe a primeira e única entrevista de Edith González ao Brasil; atriz mexicana morreu vítima de câncer no ovário

Publicado há um ano
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mundo das novelas mexicanas perdeu Edith González na noite da última quarta-feira (12), vítima de câncer no ovário. No Brasil, González ficou conhecida por novelas como Coração Selvagem (1993), Camaleões (2009), Mundo de Feras (2006), Salomé (2001), Chispita (1982) e Mulher de Madeira (2004).

Por aqui, a jornalista e apresentadora Sonia Abrão foi a única profissional a trazer uma entrevista com Edith González. A atriz concedeu a sua primeira ao Brasil ao repórter Sergio Frias, no quadro Direto do México, do Falando Fracamente, atração vespertina apresentada no início dos anos 2000 no SBT. Na ocasião, a estrela estava gravando os últimos momentos de Salomé, seu maior êxito nas novelas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A luta de Edith González contra o câncer teve início em 2016. Em 2018 ela chegou a anunciar seu retorno ao trabalho com o espetáculo teatral “Entre Mulheres”. Em Coração Selvagem ela alcançou o sucesso internacional ao interpretar a Mônica e dividir cena com Eduardo Palomo, falecido em 2003, vítima de ataque cardíaco.

A atriz deixou Constanza, filha de seu relacionamento com o político Santiago Creel Miranda. Sua última novela exibida pelo SBT foi Camaleões, onde contracenou com Belinda (Cúmplices de Um ResgateAmigos Para Sempre) e Alfonso Herrera (Rebelde). No sucesso Mundo de Feras, a atriz viveu a inescrupulosa Joselyn, um dos maiores papeis de sua carreira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio