‘Sob Pressão mexicana’ confunde fígado com pâncreas e vira chacota nas redes sociais

Publicado há 9 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ideia de ambientar a novela de seu prime time no dia a dia de um hospital parece não ter saído como a Televisa esperava. Impulsionada, provavelmente, pelo sucesso de atrações como Plantão Médico, Grey’s Anatomy e até a brasileira Sob Pressão – que, além de ser unanimidade entre o público e a crítica locais, já vem conquistando um espaço relevante no mercado internacional -, a rede mexicana lançou em novembro do ano passado seu primeiro melodrama com esse pano de fundo.

Médicos: Línea de Vida (Médicos: A Linha da Vida) traz os astros latinos Daniel Arenas (Coração Indomável, A Gata) e Livia Brito (Abismo de Paixão) na pele de um cirurgião e uma plantonista que trabalham juntos em uma clínica pública e, em meios a dilemas diários de cunho pessoais e profissionais, acabam se envolvendo amorosamente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde o início, a atração vem sendo criticada pela imprensa mexicana por retratar a rotina hospitalar da rede pública de uma forma bastante glamourizada e até mesmo fantasiosa. A gota d’água, porém, deu-se num episódio da semana passada, quando o médico David Paredes (Arenas), ao explicar para um paciente com diabetes a fisiologia da doença, detalhou que ela era causada pelo mau funcionamento… do fígado!

Foi o que bastou para a má impressão que os jornalistas já tinham de Médicos estender-se também às redes sociais. Isso porque, como se sabe, o verdadeiro órgão relacionado à produção da insulina – hormônio que, produzido em quantidades deficientes, gera a diabetes – é o pâncreas. “Médicos: Línea de Vida é a coisa mais canastrona da televisão. Este erro confirma o baixo nível do roteiro… Como que o fígado produz insulina?”, queixou-se um telespectador no Twitter.

Outro usuário da mesma plataforma chegou a comparar o programa ao nível da série mexicana La Rosa de Guadalupe, aqui conhecida como Milagres de Nossa Senhora (ou A Rosa dos Milagres). “É bem divertido, como ver La Rosa de Guadalupe. Tudo com pouquíssima qualidade, mas, como é um dos poucos momentos que posso passar com minha família, nem ligo”, afirmou. “Minha mãe não quer que eu faça plantões porque viu cenas de Médicos: Línea de Vida onde os pacientes recebem injeções de LP nas macas. Obrigado, Televisa”, ironizou um terceiro twitteiro, provavelmente da área da saúde.

Ibope à ‘altura’

Seja como for, o fato é que a qualidade duvidosa de Médicos já começa a refletir em seus próprios índices de audiência. Até agora, a produção assinada por José Alberto Castro (Rubi, A Que Não Podia Amar) vem alcançando índices medíocres no Ibope do canal Las Estrellas, sendo diariamente superado pela comédia romântica Soltero Con Hijas, produção do mesmo criador de Meu Coração é Teu que vai ao ar duas horas antes. E agora, Televisa? Quem poderá te defender?

Confira o trecho de Médicos onde o personagem de Daniel Arenas confunde o fígado com o pâncreas:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais