Símbolo da Portela e do samba, Monarco morre aos 88 anos

O artista participou de diversos programas na Globo

Publicado em 11/12/2021 20:47
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor e compositor Hildemar Diniz, mais conhecido como Monarco, morreu neste sábado (11), aos 88 anos. O sambista estava internado no Hospital Federal Cardoso Fontes, onde precisou passar por uma cirurgia no intestino e não resistiu às complicações. 

A informação foi divulgada pelo portal O Globo. O velório será neste domingo, 12/12, na quadra da Escola. Nascido na zona norte do Rio de Janeiro, Monarco era o mais antigo integrante da velha-guarda da Portela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No Twitter, a Portela divulgou uma nota de pesar. “Sua última apresentação em público foi onde mais gostava de cantar, em casa, na quadra da Majestade do Samba! Na ocasião, participou da edição de outubro da Feijoada da Família Portelense ao lado de seus companheiros de estrada e de vida da Velha Guarda Show.“,  diz.

Na TV, Monarco participou de diversos programas da Globo. Em novembro de 2019, ele esteve no Conversa com Bial ao lado de Zeca Pagodinho. Em 2018, se apresentou no Domingão. Como convidado do Esquenta!, falou sobre sua família e os 24 netos. O cantor também esteve no Encontro e cantou com Diogo Nogueira e a Velha Guarda da Portela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio