Sexóloga do Altas Horas, Laura Muller diz receber fotos picantes na web: “A galera manda de tudo”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecida por participar do Altas Horas para esclarecer dúvidas sobre sexo e sexualidade, Laura Muller disse que o assunto ainda é tratado como tabu. “São muitas as perguntas: devemos falar sobre o assunto com crianças a partir de qual idade? Elas devem ou não receber orientações?”, destacou a sexóloga.

“A resposta é: precisamos respeitar cada faixa etária e seguir numa crescente da infância à adolescência. E isso não estimula uma vivência precoce, mas prepara a pessoa para quando for iniciar a vida sexual, para que isso seja feito de forma saudável e prazerosa”, destacou a famosa à Patrícia Kogut.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A profissional assumiu que antes de trabalhar com o assunto, tinha vergonha de falar sobre. “Até mesmo de falar da minha vida particular num grupo de amigos. E isso reforça a ideia de que o assunto ainda é tabu”, enfatizou, destacando que passou a ser questionada sobre a sua intimidade.

“Eu sempre digo que aquilo que vivo na minha vida não é um modelo. Cada pessoa tem uma sexualidade de um jeito único. E o meu não é o mais certo. Existe uma fantasia em torno dos sexólogos, mas temos uma vida natural como qualquer outra pessoa”, opinou.

Laura ainda falou que é abordada na rua e na web. “Sempre conversam de um jeito educado. Agora, nas redes sociais, o ‘bicho pega’. O que a Maria [assistente] já viu de nudes… A galera manda de tudo, mas não damos continuidade a esse tipo de conversa”, concluiu Muller.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio