Série do Como Será? traz exemplos de empresas que valorizam seus processos de produção

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O estilista Ronaldo Fraga, reconhecido por se preocupar com a utilização de tecidos e mão de obra locais em suas coleções, é um dos convidados de estúdio do ‘Como Será?’ deste sábado, dia 29. Ele acompanha, junto com Sandra Annenberg, a exibição da segunda reportagem da série ‘ECOstura’, ressaltando as dificuldades e conquistas dos empresários que optaram por um processo de criação de roupas sustentável. Na reportagem, Júlia Bandeira entrevista especialistas e visita confecções que buscam relações de trabalho mais justas na produção de roupas. A Pano Social, por exemplo, além de usar algodão orgânico e pigmento natural em seus produtos, tem parte dos funcionários egressa do sistema prisional. Outra iniciativa mostrada na reportagem é o aplicativo Moda Livre, que oferece ao consumidor informações sobre as marcas envolvidas em casos de trabalho escravo.

A ‘mineirice’ é o tema do quadro ‘Expedição Urbana’. Renato Cunha explora Belo Horizonte para mostrar como os mineiros, famosos pela hospitalidade, transformaram bares e botecos em pontos de encontro obrigatórios na cidade. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, há 18.600 estabelecimentos funcionando na cidade, entre bares, botecos, lanchonetes, casas noturnas etc – ou seja, não falta espaço para o mineiro satisfazer sua necessidade de conviver, papear e acolher. Entre os convidados para caracterizar o ‘jeitinho mineiro’ estão o antropólogo José Márcio Pinto de Moura Barros, e uma professora de inglês que dá aulas na mesa de bar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vancouver, no Canadá, foi eleita em 2016 a cidade mais procurada no mundo para quem quer aprender inglês. A combinação entre praia, montanha e um clima mais ameno que em outras partes do país tem atraído muitos brasileiros. O repórter Rogério Coutinho conversa com jovens que encararam o desafio de morar fora para estudar inglês. Além de aperfeiçoar a língua, eles ressaltam a importância da troca de experiências e do convívio com diferentes culturas.

Alexandre Henderson descobre segredos e curiosidades sobre maquiagem no quadro ‘Hoje é dia de…’. Ele acompanha o maquiador Marcos Costa no projeto ‘Beleza na rua’, em que ensina truques rápidos de maquiagem com itens simples, como batom, base e pincel. O repórter aprende sobre a composição química dos produtos e se existe algum problema no compartilhamento de maquiagem; sobre como um novo visual pode ajudar a melhorar a autoestima de pessoas com doença de pele e os segredos por trás dos efeitos visuais dos filmes.

Histórias de moradores da região banhada pelo rio São Francisco são o fio condutor da série de minidocumentários ‘Vozes do Velho Chico’, que estreia no programa deste sábado. O primeiro filme conta a história da Maria Clara, de nove anos. Incentivada pelo avô, ela participa desde os quatro do samba de véio da ilha do Massangano, em Petrolina, em Pernambuco. A série é formada por cinco minidocs, coproduzidos pela Globo e pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), em Petrolina.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio