Serginho resolve agir contra o sócio de Max: “Para entender que homofobia é crime”

Publicado há 10 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No capítulo desta quarta-feira (1) de Malhação – Toda Forma de Amar, após sofrer ofensa homofóbica feita por Aloísio (Marcos França), sócio de Max (Roberto Bomtempo), Serginho (João Pedro Oliveira) contará a situação para Guga (Pedro Alves).

“Isso é muito grave. Ele não poderia ter falado aquilo. A gente vai resolver isso. Isso não vai ficar assim de jeito nenhum”, dirá o estudante. “Falar com o seu pai agora você vai criar mais problema para você, Guga”, apontará o jovem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Guga concordará e questionará se Rita (Alanis Guillen) e Meg (Giulia Bertolli), que estavam presentes no momento, aceitam ir para a delegacia como testemunhas. “Por mim, claro. Não precisa nem perguntar”, falará a mãe de Nina.

“Serginho, você está mesmo querendo denunciar o sócio do pai do Guga para a polícia?”, perguntará a gestante. “Eu acho que o Serginho tem que denunciar sim. Não só ir à polícia denunciar a homofobia, mas abrir um processo por danos morais”, analisará Guga.

“O certo é denunciar o cara para a polícia sim. Processar ele por danos morais para entender que homofobia é crime. E ainda pedir uma grana. Mas por outro lado, levando em conta que o Max pode ser atingindo, eu aceito só um pedido de desculpas, mas tem que ser em público”, falará Serginho.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Malhação

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais