Serginho Groisman fala em “pacificação” do Brasil no Domingão do Faustão

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador Serginho Groisman participou, neste domingo (17), do Domingão do Faustão. No quadro Super Ding Dong, ele falou sobre a situação atual do país. Para ele, a nação precisa ser pacificada, já que há muita violência e intolerância. Quem começou o assunto foi o comandante da atração Fausto Silva.

“Serginho, com tanta tragédia com tanta violência, você que é um cara sensato, culto, politizado… Tem pessoas que acham que tem que ter leis liberando armas, outros acham que é o pior, porque com ela proibida já acontece isso. Cada um tem uma solução, mas são vários caminhos, é isso?”, indagou Silva.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Ator Malvino Salvador fala sobre beijar outro homem na novela A Dona do Pedaço

“É isso, Fausto, a gente vive um momento muito conturbado. No Brasil, particularmente, parece que a eleição não acabou. Queria que a gente pudesse pacificar o Brasil, nas ideias principalmente. Que cada um mantivesse… Ontem, no programa, falei assim que as redes sociais para mim são assim – Instagram: ‘veja como vivo bem’. Twitter: ‘Veja como tenho opinião’ e Whatsapp: ‘Veja e ouça notícias que eu quero ouvir’”, disparou o apresentador do Altas Horas.

Na sequência, continuou: “O importante é procurar a informação real. Isso é o mais importante. Você se informando pode até mudar de ideia. Acho que é isso o que falta um pouco, a gente ter o argumento para poder mudar de ideia. A gente quer uma pacificação do Brasil”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais