Sensacional: De vendedora de móveis a celebridade, Sylvia Design revela: “Sempre pensei como patroa”

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No programa Sensacional deste domingo (30), Daniela Albuquerque entrevista Sylvia Design (nome artístico para Josefa Adecilda Silva de Araújo). Durante bate-papo descontraído em sua casa, a comerciante fala sobre o início de sua carreira e relembra as dificuldades que viveu ao deixar o Ceará aos 16 anos e ir para São Paulo em busca de dinheiro para ajudar a família.

“Estudei só até a 8ª série e comecei a trabalhar muito cedo. As pessoas me veem sorrindo, morando bem, de carrão, mas não sabem que eu saí da minha terra e vim pra cá sem mala, sem bolsa, sem nada”, diz. Apesar dos sacrifícios, Sylvia, que ficou famosa após vestir-se de mulher gato para liquidar estoques de móveis, conta que sabia o que a esperava: “Dentro do meu peito, eu já sabia que ia vencer na vida. Acho que todo mundo precisa apostar em si mesmo”, aconselha a vendedora que hoje emprega mais de 300 funcionários em sua rede de lojas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao falar sobre seus primeiros passos na capital paulista, ela afirma que começou como empacotadora de uma loja e ressalta: “Depois de uma semana eu já era chefe do departamento e cuidava de todas as meninas. A verdade é que eu sempre pensei como patroa e não como empregada”.

Casada há 20 anos, Sylvia abre o jogo sobre a relação a dois para Dani Albuquerque: “O fogo não tá tão aceso assim, não. Tá uma bagunça! Esquenta onde não é pra esquentar, esfria onde não é pra esfriar”, brinca. “A rotina faz com que isso aconteça. O tempo passa e a coisa muda”.

Vaidosa, a morena revela que tem medo de morrer, já que “com a morte, vem a velhice”. “Do jeito que eu sou e gosto de colocar tudo pra fora, imagina quando isso aqui começar a enrugar. Vou endoidar”, desabafa.

Ainda durante o programa, Sylvia recebe homenagem de alguns amigos famosos como Celso Zucatelli e o cantor Sorocaba, e chora ao lembrar de seu pai, que morreu aos 92 anos. “É horrível pensar que você nunca mais vai ver aquela pessoa. Eu era muito apegada a ele”, diz aos prantos.

Além disso, o programa também exibe uma entrevista exclusiva com a cantora e atriz mirim Larissa Manoela. Durante o lançamento de sua linha de óculos, a jovem conversa com o repórter Fábio Arruda e aproveita para agradecer os 6 milhões de seguidores que há em sua conta no Instagram. “Fico muito feliz com todo esse carinho e reconhecimento do público. Muito obrigada”, afirma.

Durante bate-papo descontraído, Larissa, que tem 15 anos, diz que é fã de Silvio Santos e, ao ser questionada sobre um possível aumento no salário, dispara: “Não, não. Tô muito bem já”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio